Fürth

Fürth: autoconfiança e alegria de viver

Ainda é Nuremberg ou já é Fürth? É difícil dizer exatamente. Com o correr do tempo, as duas cidades cresceram e praticamente se juntaram, a distância entre o centro de cada uma delas é de apenas uns sete quilômetros. O que é mais uma razão para visitar Fürth, uma cidade cuja história é bem característica e que demonstra autoconfiança e um cordialidade.

Mais de 1.000 monumentos e um belo pedaço de Florença
Os habitantes de Fürth não escondem seu orgulho pela sua bela cidade e a consciência do próprio passado. E como prova o acolhedor centro histórico da cidade, eles têm razão. Em torno da fonte Gauklerbrunnen há diversos complexos arquitetônicos dos séculos XVII e XVIII, extremamente bem conservados. Nenhum prédio aqui é exatamente igual a outro, os telhados, os estilos, as mansardas e fachadas mudam de forma com graciosidade. Nos arredores da rua Gustavstraße, você encontra um bar depois do outro e, no verão, esse quarteirão parece se transformar em uma verdadeira cervejaria ao ar livre. Só no centro da cidade, existem exatamente 1.169 monumentos arquitetônicos, uma das maiores concentrações do gênero na Alemanha. Um destaque é a prefeitura, ou Rathaus. Seu estilo e sua torre quadrangular de 55 metros, o símbolo da cidade, lembram muito o Palazzo Vecchio, em Florença – mais um sinal de que os habitantes de Fürth nunca sofreram de falsa modéstia. São marcantes também as diversas ruas com construções fechadas dos séculos XIX e XX no centro da cidade, como na chamada Hornschuchpromenade, com suas belas residências do período conhecido como "Gründerzeit" e da "art-nouveau".

Rádios a válvula, televisões antigas e boas lembranças
No novo museu municipal de Fürth, que leva o nome de Ludwig Erhard, pai do milagre econômico alemão nos anos 50 e natural de Fürth, o visitante tem a impressão de fazer uma viagem no tempo, numa espécie de resumo dos mais de mil anos de história da cidade. O Museu da Radiodifusão mostra que Fürth foi também um centro do desenvolvimento do rádio e da televisão. Doze estações atravessam a evolução do rádio e da televisão, desde seus primórdios nos anos 20, passando pela sua história na Alemanha Oriental até o presente e o futuro das mídias audiovisuais.

Depois de tantas imagens impressionantes no Museu da Radiodifusão, quem precisar de um descanso vai encontrar o lugar certo no Parque da Cidade. Criado em 1951 para a exposição de jardinagem "Grünen und Blühen", ele continua sendo um monumento paisagístico importante em todo o país. É nesse oásis de tranquilidade que se encontram não só os namorados, mas todos que querem levar lembranças de bons momentos na cidade. Afinal, é isso mesmo que todo visitante leva de Fürth: boas lembranças.

Descubra no mapa a Alemanha como destino turístico

Adicione aqui os seus favoritos. Você pode salvar, selecionar, separar e imprimir a sua seleção e planejar toda a sua viagem na Alemanha.

0 favoritos selecionados