Passau

Passau: a bela rainha do barroco, presente aqui e agora

Passau, a cidade dos três rios no encontro do Danúbio, do Inn e do Ilz, abre suas portas para fantásticas descobertas sobre a arte e a arquitetura, a gastronomia, as festas, compras, passeios e relaxamento. Ruazinhas pitorescas, belas praças e elegantes zonas de pedestres são uma garantia de horas agradáveis em um ambiente que retrata distinção.

Só a vista da cidade já é magnífica: emoldurada pelo castelo de Veste Oberhaus, ao norte, e pelo santuário de Maria Hilf, ao sul, ela é marcada principalmente pela arte de mestres arquitetos italianos. Foram eles que reconstruiram Passau depois dos grandes incêndios no século XVII – uma cidade, onde a combinação entre residência de príncipes-bispos e próspero centro comercial sempre ofereceu condições ideais para a arte e a cultura. Passau é dominada pela catedral St. Stephansdom, a igreja superior da região oriental do Danúbio e, portanto, também da igreja de St. Stephan em Viena. Além da suntuosidade barroca da catedral, impressiona também o seu órgão: ele é o maior órgão de igreja do mundo.

Onde a tradição é moderna. E a modernidade tem tradição.

Hoje, o antigo e o novo unem-se em Passau para formar uma instigante obra de arte, que, apesar de toda a tradição, é moderna, contemporânea e convidativa. Durante um passeio do centro histórico, atravessando a zona de pedestres até o "Neue Mitte" (novo centro), com suas lojas chiques, isso fica evidente: Passau é uma cidade absolutamente moderna. Vale a pena dar uma esticada até a Höllgasse, a rua onde a arte se concentra no centro histórico de Passau, com ateliês, oficinas e galerias instalados lado a lado nas casas antigas. Uma verdadeira festa para os sentidos é também a feira livre realizada duas vezes por semana, as feiras de produtos de madeira durante a época do Natal e as festas de rua em toda a cidade. Assim como o comércio, a gastronomia também é bastante variada: os locais oferecem o que há de melhor na cozinha bávara e austríaca, e as portas dos diversos bares, bistrôs, cafés e bares, além dos restaurantes finos e das adegas tradicionais, são um convite para prazeres culinários sem limite.

Sobre o belo Danúbio azul: de Passau até Passau.

Na verdade, não há motivo nenhum que justifique sair de Passau – a não ser para um cruzeiro pelo Danúbio. Para muitos, essa é a melhor maneira de viajar. Deslizar suavemente sobre as águas, aproveitando a vida em navios confortáveis e elegantes, vendo a beleza dos lugares passando pertinho nas margens do rio. Atravessando a região da Alta Áustria e Wachau, a viagem segue para Viena, Bratislava e Budapeste, ou, para quem procura algo mais selvagem e romântico, através dos Cárpatos até o delta do Danúbio. Mas não importa até onde vai a viagem: na verdade, ela só termina quando o navio ancora novamente em Passau. Pois não há dúvida de que ainda há muitas atrações a serem descobertas nessa maravilhosa, velha cidade moderna no encontro dos três rios.

Descubra no mapa a Alemanha como destino turístico

Adicione aqui os seus favoritos. Você pode salvar, selecionar, separar e imprimir a sua seleção e planejar toda a sua viagem na Alemanha.

0 favoritos selecionados