Um mestre da Baviera – Carl Orff
Um mestre da Baviera – Carl Orff
Carl Orff ©"Fotografin: Daniela-Maria Brandt Quelle: Orff-Zentrum München"

Um mestre da Baviera – Carl Orff

Sua peça "Carmina Burana" tornou o compositor Carl Orff (1895-1982), da região norte da Baviera, mundialmente famoso. Os cantos corais cênicos, que lembram a música medieval, foram usados frequentemente também como trilha sonora de filmes e em arranjos de pop e rock.

Munique era a sua cidade. Foi aqui que Carl Orff frequentou a escola secundária Wittelsbacher-Gymnasium e a Escola Superior de Música (naquela época a Academia Real da Arte Musical), e aqui também ele foi diretor de orquestra no teatro de câmara Kammerspiele. Na casa onde nasceu e viveu até 1939, na rua Maillinger Strasse, uma placa lembra o cidadão de honra de Munique. No Centro Cultural Gasteig, uma sala de concertos leva o nome de Orff.

Sua obra mais famosa, "Carmina Burana", foi apresentada pela primeira vez em 1937, em Frankfurt. Nela, textos de um manuscrito medieval, descoberto e editado no século XIX, foram musicados. O local da descoberta, o mosteiro em Beneditkbeuern, deu nome à obra de Orff (literalmente: "canções de Beuern"). Orff destacou-se na música também como pedagogo ("Obras escolares de Orff").

Em 1955, Orff mudou-se para Diessen, no lago Ammersee, onde já passara férias na infância. Ali foi inaugurado o Museu Carl Orff, em 1991. O compositor foi sepultado próximo ao Mosteiro Andechs, onde o Festival Carl Orff, todos os anos, e a Academia Orff mantêm viva sua memória.

Descubra no mapa a Alemanha como destino turístico

Adicione aqui os seus favoritos. Você pode salvar, selecionar, separar e imprimir a sua seleção e planejar toda a sua viagem na Alemanha.

0 favoritos selecionados