Carl Philipp Emanuel Bach
Carl Philipp Emanuel Bach
Carl Philipp Emanuel Bach ©Bach-Archiv Leipzig, www.bach-leipzig.de

Carl Philipp Emanuel Bach

Os seus contemporâneos o consideravam um “gênio original”: Carl Philipp Emanuel Bach (1714-1788), o segundo filho de Johann Sebastian Bach, era conhecido pelo epíteto de “Bach de Hamburgo”. Em vida foi mais famoso que o pai e é considerado o compositor mais importante da época do Sentimentalismo, na qual se completou a transição estilística entre o Barroco e o Classicismo.

Carl Philipp Emanuel Bach era fruto do primeiro casamento de Bach, assim como outros três filhos, e começou a receber a sua formação musical já na casa dos pais. Após sua infância vivida em Weimar, Köthen e Leipzig, ele estudou Direito em Leipzig e Frankfurt (Oder). Mas a música continuava sendo a sua vocação: em 1740 tornou-se cravista na corte de Frederico, o Grande, da Prússia. Depois de ter se consolidado a sua imagem como compositor em toda a Europa após vinte anos de serviços, ele assumiu em 1768 o cargo de Diretor de Música Sacra em Hamburgo, que exerceu até a sua morte.

O compositor, que tinha espírito sociável, era muito ligado à vida intelectual do seu tempo, e do seu círculo de amizades faziam parte não apenas músicos, mas também muitos poetas. Portanto, além de música sinfônica e de câmara, assim como peças corais que ele compunha “oficiosamente”, a sua vasta obra também é composta por numerosas canções e cantatas. O compositor, que também era um virtuose no cravo, criou a sua obra mais pessoal com a coleção para piano “Für Kenner und Liebhaber”. O seu estilo composicional peculiar inspirou o jovem Haydn e colaborou para o surgimento do Classicismo Vienense (Mozart e Beethoven).

Descubra no mapa a Alemanha como destino turístico

Adicione aqui os seus favoritos. Você pode salvar, selecionar, separar e imprimir a sua seleção e planejar toda a sua viagem na Alemanha.

0 favoritos selecionados