Um ambiente de gala: salas de concerto e óperas

Música clássica é uma experiência para todos os sentidos. Por isso, as óperas e salas de concerto não precisam apenas de um palco e da plateia, mas nos dão também belas fachadas, salões, ambiente e charme. Tanto na música como na arquitetura, o passado e a modernidade se encontram de diversas formas.
Alte Oper Frankfurt

O prédio neo-renascentista foi inaugurado em 1880, na presença do imperador. Obras de Hindemith, Orff e Schönberg tiveram aqui sua estreia. Depois de sofrer destruições graves durante a Segunda Guerra, a casa só foi reinaugurada em 1981: agora, a antiga ópera, ou Alte Oper Frankfurt, não é mais apenas teatro de ópera, mas um espaço versátil para concertos e eventos. A grande sala, revestida em mogno, tem capacidade para 2.500 pessoas.

National Theatre in Munich
Bayerische Staatsoper München

Em 1818, Munique estava pronta para receber um "teatro de ópera para todos": o teatro nacional e da corte, na praça Max-Joseph-Platz. Um incêndio, porém, exigiu que a construção classicista de Klenze tivesse que ser reconstruída pouco tempo depois, em 1825, desta vez até com um saguão com imponentes colunas. É aqui que desde 1875 ocorre o Festival de Ópera de Munique. O Teatro Nacional é a sede da orquestra, da ópera e do balé do estado da Baviera. O terceiro maior palco de ópera do mundo tem uma área de 2.500 metros quadrados.

Deutsche Oper Berlin

A Deutsche Opernhaus, a casa da ópera alemã em Berlim, foi inaugurada em 1912 e destruída pelos bombardeios aéreos em 1943. O nova construção de 1961, funcional e monumental, recebeu o nome de Deutsche Oper Berlin e é hoje a maior ópera da cidade. Aqui são apreciadas grandes óperas (Wagner, Verdi, Puccini), mas também estreias de Henze, Kagel ou Rihm. A orquestra e o coro da Deutsche Oper Berlin têm uma excelente reputação.

Festspielhaus Baden-Baden

A reputação da sala de concertos Festspielhaus Baden-Baden baseia-se em grandes produções de óperas, apresentações de artistas convidados internacionais, foyers claros e iluminados e uma excelente gastronomia. Embora a maior casa de ópera e concertos da Alemanha só tenha sido inaugurada em 1998, o salão de entrada já tem cerca de 100 anos mais. A construção anexa na fachada, em estilo neo-renascentista, tinha servido anteriormente como estação ferroviária da cidade de Baden-Baden.

Filarmônica de Berlim

Depois que a antiga Filarmônica foi destruída durante a Segunda Guerra, a Filarmônica de Berlim ganhou uma nova sede em 1963, próxima do parque Tiergarten. A construção assimétrica do arquiteto Hans Scharoun, que lembra um pouco uma enorme tenda, ganhou o apelido popular de "Circo Karajani". A Filarmônica de Berlim tornou-se um símbolo de Berlim Ocidental e hoje pertence ao conjunto Kulturforum Berlin.

Filarmônica de Colônia

Não adianta procurar a silhueta da Filarmônica de Colônia na paisagem da cidade. Esta sala de concertos, inaugurada em 1986, fica escondida sob a praça Heinrich-Böll-Platz, entre o calçadão para pedestres e o metrô. Tanto a orquestra Gürzenich quanto a Orquestra Sinfônica da rádio WDR Colônia estão abrigadas na Filarmônica. Artistas internacionais – entre eles a Filarmônica de Nova York e Pierre Boulez – foram "artistas residentes".

Gasteig Munique

O centro cultural e educacional Gasteig, em Munique, está estabelecido desde 1985 na margem superior do rio Isar. A construção de tijolos abriga não só a Biblioteca Municipal central e a escola popular, mas é também a sede da Filarmônica de Munique. A casa aberta, que recebe 6.000 visitantes diariamente, oferece três salas de concerto, além da sala da filarmônica, e inúmeras salas de palestras e multifuncionais.

Gewandhaus Leipzig

Em 1781, uma associação de músicos de concerto de Leipzig instalou-se numa antiga casa de comerciantes de tecidos. Desde então, eles adotaram o nome de Orquestra da Gewandhaus ou "Orquestra da casa de tecidos". A Gewandhaus atual, na praça Augustusplatz – com a maior pintura de teto da Europa – já é a terceira "Gewandhaus". Ela foi inaugurada em 1981, por iniciativa do maestro Kurt Masur, e foi um centro importante para o movimento dos cidadãos de Leipzig em 1989.

Controle de site acessível

Dois atalhos úteis para o zoom no seu navegador:

Aumentar: +

Diminuir: +

No seu navegador, você encontra mais informações clicando o ícone: