Um mágico do som da Baviera: Richard Strauss
Um mágico do som da Baviera: Richard Strauss
Richard Georg Strauss ©Richard-Strauss-Institut, Garmisch-Partenkirchen

Um mágico do som da Baviera: Richard Strauss

Ele era um mestre da instrumentação moderna e de uma nova sonoridade. Com óperas como "Salomé" e "Elektra" e arranjos sinfônicos como a "Alpensinfonie" (Sinfonia dos Alpes) e "Also sprach Zarathustra" (Assim Falou Zaratustra), o compositor Richard Strauss (1864-1949) tornou-se famoso em todo o mundo.

Com apenas 6 anos, consta que este filho de um músico, natural de Munique, já compunha. Com 22 anos, ele tornou-se diretor de orquestra em sua cidade natal, Munique, e logo em seguida ficou famoso também como compositor. Uma placa em sua memória, na casa em que nasceu, além da fonte de Richard Strauss (Salome-Brunnen) na zona de pedestres, lembram o famoso filho da cidade.

A partir de 1898, Richard Strauss foi diretor da orquestra da corte em Berlim durante 20 anos. A casa na rua Heerstrasse, onde escreveu as óperas "Die Frau ohne Schatten" (A Mulher sem Sombra) e "Ariadne auf Naxos" (Ariadne em Naxos), traz hoje também uma placa em sua memória.

Além de compor e reger, Richard Strauss participava também intensamente da vida musical. Ele fundou a orquestra Berliner Tonkünstler-Orchester, deu início à sociedade de controle de direitos autorais de músicos, a GEMA, e ao Festival de Música de Salzburg. De 1933 a 1935, ele foi também presidente da câmara dos músicos, a Reichsmusikkammer. Ele não se distanciou claramente do regime nazista: para os Jogos Olímpicos de 1936, ele compôs a música de abertura.

Já idoso, Strauss passou a viver em Garmisch-Partenkirchen, onde tinha construído uma mansão em 1908. Em Garmisch, o Instituto Richard Strauss (com exposições e concertos) e o Festival Strauss, realizado todos os anos, mantêm viva a lembrança do compositor.

Descubra no mapa a Alemanha como destino turístico

Adicione aqui os seus favoritos. Você pode salvar, selecionar, separar e imprimir a sua seleção e planejar toda a sua viagem na Alemanha.

0 favoritos selecionados

O que outros turistas do mundo inteiro dizem

Blutenfest des Rotes Moselweinbergpfirsich

ROZE LENTE IN COCHEM

We hebben éven moeten oefenen, maar na een tijdje rolde Rote Moselweinbergpfirsich vanzelf uit onze mond. Toch kan je in Cochem ook gewoon Rud Peesche zeggen, het plaatselijke dialect voor deze kleine perzik met haar robijnrode vruchtvlees die overal in de Moezelvallei groeit. Terwijl de wijngaarden er nog kaal bijliggen, zijn de roze bloemen van de Moezel-Wijnbergperzik al een fleurige voorbode van de lente. Goed nieuws voor de plaatselijke wijnboeren dus, maar ook voor al wie dol is op perziken, want dan wordt er in Cochem smakelijk gefeest.

Leia mais »

werner.gladines@gmail.com

Saarbrucken

LANGS DE TAFELS VAN SAAR (LEKKER) LAND

Voor de ene is het een stukje Frankrijk in Duitsland, voor de andere is het een stukje Duitsland dat ook in Frankrijk niet zou misstaan. Wij houden het bij typisch Duits met een stevige Franse twist: Saarland. De kleinste Duitse deelstaat ging een paar keer over en weer tussen beide landen, was tweemaal op zichzelf en werd in 1957 definitief bij Duitsland ingelijfd. Het resultaat is een grensoverschrijdende kruisbestuiving van savoir-vivre en savoir-faire die zich vooral in de lokale gastronomie laat gelden. Wij trokken in Saarland letterlijk van de ene rijk gedekte tafel naar de andere, gingen er tafeltoeren en lieten ons galant overtuigen van het feit dat je van 'een schone tafel' wél kan eten.

Leia mais »

werner.gladines@gmail.com

Crazy SB Waschsalon

Crazy SB Waschsalon

Quando estamos viajando, nada como ter uma lavanderia perto para as horas de aperto. Não tem como não notar essa lavanderia toda "modernosa". Crazy SB Waschsalon chama a atenção por suas centenas de meias penduradas. Uma decoração perfeita para o ambiente. Eu não cheguei a lavar nenhuma roupa na minha estádia em Dresden, mas se ficasse mais uns dias, teria voltado lá de certeza. Fica na Louisenstraße 6, aberto todos os dias das 06h - 23h.

Leia mais »

martinha@viajoteca.com

Travel Bookshop

Travel Bookshop - para os apaixonados por viagem

As coisas mais legais, sem dúvidas eu encontrei em Neustadt. É a região mais alternativa e legal de Dresden. Foi lá que eu vi uma das Lojas de Livros de Viagem mais legais. É aquela loja/livraria/papelaria que você vai querer comprar tudo. Passei uma boa hora lá dentro, folheando (porque ler em alemão, nem em sonho!) todos os guias, livros. Comprei uns postais lindos. Bobeei por não ter comprado uns mapas antigos, eram lindos.

Leia mais »

martinha@viajoteca.com

Schwebebahn

Schwebebahn

Para ter uma vista incrível de Dresden, vale muito a pena pegar o monorail em Loschwitz. Além de ver a cidade, você ainda terá uma vista privilegiada da Ponte Azul - Blaueswunder.

Leia mais »

martinha@viajoteca.com

Kunsthofpassage

1000 e 1 passagem

Em Neustadt tem a Kunsthofphpassage, que é uma passagem incrível. Ela tem vários prédios "temáticos". O azul por exemplo quando chove, a água nos canos vira música. Fora os prédios, ainda tem várias lojas bacanas e cafés charmosos para você aproveitar. #youngDresden #mustsees #shopping #cafés

Leia mais »

martinha@viajoteca.com

Obras incríveis

Albertinum: um museu de arte moderna de 125 anos, que foi reaberto em 2010, após uma reforma de 51 milhões de euros. A coleção de retratos começa com um dos pintores alemães mais românticos, Caspar David Friedrich, e termina com seu artista vivo mais famoso, Gerhard Richter, sendo que ambos passaram a infância em Dresden. Você vai encontrar desde a Bailarina de Degas, a Monet, Manet, Rodin, Van Gogh. A entrada Vista 10€

Leia mais »

martinha@viajoteca.com

Zwinger Palace

O Chateau de Versailles de Dresden

O Zwinger Palace é um dos melhores exemplos da arquitetura barroca tardia na Alemanha. Construído entre 1710 e 1728 pelo arquiteto Pöppelmann, o Palácio Zwinger foi usado para grandes festas e torneios. Hoje, o complexo barroco de pavilhões, galerias e pátios interiores é a casa de grandes museus e obras. A Madonna Sistina de Rafael você encontrará lá. O acervo de Porcelana tambem é belíssimo. O Arsenal também é muito interessante se você curte trajes e armas. Se você não quiser entrar em nenhum museu, vá pelo menos para andar pelos jardins e admirar o "Kronentor", que é o portão com a coroa.

Leia mais »

martinha@viajoteca.com

Controle de site acessível

Dois atalhos úteis para o zoom no seu navegador:

Aumentar: +

Diminuir: +

No seu navegador, você encontra mais informações clicando o ícone: