Castelo de Herrenchiemsee
Discover the Beauty and Romance

See sites of royal splendour in Germany

Discover the Beauty and Romance

See sites of royal splendour in Germany

Castelo de Herrenchiemsee – refúgio luxuoso para o Rei Sol.

Inspirado pelo rei francês Luís XIV, o Rei Sol, Ludwig II da Baviera, conhecido como o Rei Louco, ou o "rei dos contos de fadas", mandou erigir a partir de 1878 um castelo luxuoso na pitoresca ilha de Herrenwörth, no lago Chiemsee. Essa joia extravagante atrai milhões de visitantes do mundo inteiro todos os anos.

O rei Luís XIV da França é sinônimo de luxo e brilho na corte europeia do século XVII. Seu castelo em Versalhes serviu de exemplo para muitas outras edificações de nobres europeus. O maior admirador do rei absolutista era Ludwig II, o rei da Baviera conhecido como o Rei Desvairado, que pretendia não só copiar o luxuoso Palácio de Versalhes, mas até superá-lo. Quando ele conseguiu comprar a idílica ilha de "Herrenwörth", em 1873, encontrou o lugar perfeito para dar asas à sua fantasia. Foi assim que surgiu, a partir de 1878, um castelo saído dos contos de fadas, projetado pelo arquiteto Georg Dollmann, que tornou-se um refúgio para o rei melancólico. A arquitetura interior impressiona com o luxo do seu estilo rococó francês. Em todos os vinte cômodos pomposos que podem ser visitados, a rica decoração é estonteante: pisos com mosaicos, paredes revestidas de madeira trabalhada, ornamentos de mármore, pinturas opulentas na parede e nos tetos, lustres e móveis de grande valor. A principal atração, porém, é a Grande Galeria de Espelhos, uma reprodução quase perfeita da "Galerie des Glaces" de Versalhes, sua fonte de inspiração. O salão em frente à fronte do jardim tem uma extensão de 98 metros. Paredes de espelhos, tetos arqueados com pinturas de afrescos, estuque dourado, 44 castiçais de pé e 33 lustres de cristais no teto completam esse salão de festas que é provavelmente o mais grandioso do mundo e foi ressuscitado na Baviera. Outras particularidades no Castelo de Herrenchiemsee são, por exemplo, o Museu de Ludwig II, com móveis pomposos, documentos e esboços de projetos arquitetônicos, cartas para Richard Wagner e modelos de cenários das suas óperas, ou o mosteiro da Ordem dos Cônegos de Santo Agostinho (em alemão, "Augustiner-Chorherrenstift"). Além disso, vale a pena ir até a ilha Fraueninsel e dar um passeio pelo mosteiro beneditino. Ou visitar a casa do artista Julius Exter, um dos fundadores do grupo dissidente "Münchner Seccession", em Übersee-Feldwies no lago de Chiemsee.

Descubra no mapa a Alemanha como destino turístico

Adicione aqui os seus favoritos. Você pode salvar, selecionar, separar e imprimir a sua seleção e planejar toda a sua viagem na Alemanha.

0 favoritos selecionados