Maulbronn Monastery Complex
Maulbronn Monastery Complex ©Staatliche Schlösser und Gärten Baden-Württemberg

Mosteiro de Maulbronn

Criado pelos monges em cerca de 400 anos, o mosteiro de Maulbronn é um complexo de características especiais, que marcou a história cultural dos seus arredores. Hoje, a antiga abadia cisterciense localizada entre Heidelberg e Stuttgart é não só o mosteiro mais bem conservado ao norte dos Alpes, mas também uma obra representativa da arquitetura medieval e parte do patrimônio mundial da UNESCO desde 1993.

O que impressiona são principalmente o bom estado de conservação do mosteiro de Maulbronn e a característica pouco comum de uniformidade e coesão. O local permite entender a vida e o trabalho da Ordem Cisterciense entre os séculos XII e XVI até nos mínimos detalhes. Ainda hoje, o claustro é cercado de imponentes prédios para moradia e trabalho, protegidos por torres e uma muralha com cerca de um quilômetro de extensão. O claustro, o refeitório e o maravilhoso salão que é chamado de "Paraíso", foram construídos por volta de 1220 e permanecem praticamente intactos até hoje. A construção teve início em 1147, segundo a lenda, depois que um asno fez disparar uma fonte de água no local onde hoje se encontra o poço. A basílica de três naves, parte mais antiga do complexo, foi inaugurada já em 1178. No coro de monges, separado do restante, os 92 assentos das cadeiras do coro, que datam do século XV, demonstram o crescimento que o convento já havia alcançado nessa época. As condições necessárias para manter um mosteiro de tal porte ficam evidentes no pátio de atividades econômicas, com as áreas agrícolas vizinhas e o sistema inteligente de utilização da água, todos tão bem conservados quanto os prédios medievais de isolamento. Em consequência da reforma protestante, o mosteiro foi dissolvido mais tarde, passando a abrigar um escola religiosa protestante. Hoje, ele abriga uma escola de ensino secundário para línguas antigas, que teve entre os seus alunos mais famosos o físico Johannes Kepler e os escritores Friedrich Hölderlin e Hermann Hesse. Uma dica: você pode conhecer os três mosteiros medievais mais bonitos do norte da Floresta Negra – além de Maulbronn, também Hirsau e Alpirsbach – percorrendo a rota romântica dos mosteiros.

Informações de viagem e serviço

Horário de abertura

Março a outubro: diariamente, das 09:00 às 17:30 h; entrada até às 16:45 h

Novembro a fevereiro: terça a domingo, das 09:30 às 17:00 h; entrada até às 16:15 h

Eventos

Festa de 20 anos do Mosteiro de Maulbronn na UNESCO (abril de 2014).

Contato: www.kloster-maulbronn.de

Mosteiro de Maulbronn faz parte do roteiro UNESCO "Espiritualidade e hospitalidade", outras estações são:

Outras cidades que valem a pena:

Ir para o resumo do roteiro "Espiritualidade e hospitalidade"

Descubra no mapa a Alemanha como destino turístico

Adicione aqui os seus favoritos. Você pode salvar, selecionar, separar e imprimir a sua seleção e planejar toda a sua viagem na Alemanha.

0 favoritos selecionados