Schwangau, castelo Neuschwanstein
Schwangau, castelo Neuschwanstein ©DZT (Foto-Design Ernst Wrba)
Rotas de férias de A a Z
A Rota de Sissi

Rota da Sissi – Uma rota de sonhos imperiais

A rota cultural europeia, Rota de Sissi, tem cerca de 2.000 km de extensão e é um guia histórico-biográfico que passa por estações que tiveram um papel importante na vida da imperatriz da Áustria e rainha da Hungria. Sissi era uma mulher cosmopolita que viajou por toda a Europa, siga o seu exemplo.

Venha também conhecer os castelos! A maravilhosa rota imperial leva da região de Wittelsbacher Land, de Augsburg até Füssen, passa pela Áustria e segue até Budapest, segue até a Itália, Grécia e Suíça. Descubra a magia entre a romântica natureza selvagem e residências suntuosas da nobreza; passeie degustando um bom vinho Tokaji ou um sorvete de canela – sinta-se como um verdadeiro príncipe ou princesa.

Elisabeth, Amalie, Eugenie von Wittelsbach

Foi em 24 de dezembro de 1837 que nasceu, em Munique, Elisabeth, Amalie, Eugenie von Wittelsbach – Sissi – como filha do Duque da Baviera Max I Joseph e sua esposa, a Duquesa Ludovika. Mais tarde, ela se tornaria uma das mulheres mais influentes, fascinante e bonitas de toda a Europa. Casada com o Imperador Franz Joseph da Áustria, da dinastia dos Habsburgo, Sissi era considerada uma das mulheres mais cultas e interessantes da sua época. Mas quem era essa mulher na realidade?

O mito de Sissi está sempre presente

Na Rota de Sissi, você pode tentar descobrir um pouco mais sobre essa imperatriz bonita e misteriosa. A rota cultural a partir de Augsburg leva você aos lugares e estações importantes na vida da jovem Sissi, como o castelo da Sissi em Unterwittelsbach, sua cidade natal, Munique e também à lendária Roseninsel (Ilha das Rosas), no lago Starnberger See. Continuando na estrada, a pedida é uma visita ao famoso castelo de contos de fadas, Neuschwanstein, perto de Füssen.

Uma biografia marcada pela felicidade e pela insegurança

Uma mulher de mente aberta, Sissi viajou por toda a Europa. Por isso, o trajeto atravessa a Baviera e continua até a Áustria e Hungria, Grécia, a costa adriática, Itália, e Genebra, na Suíça, onde a vida da Imperatriz da Áustria e Rainha da Hungria teve um fim trágico com um acidente em setembro de 1898.

Ponto de encontro para os fãs da Sissi

Essa é uma rota especial. Suas estações são cidades, castelos saídos de contos de fadas, monumentos, museus interessantes, jardins e parques que tiveram um papel importante na vida dessa imperatriz fora do comum e que ainda hoje, passados mais de 100 anos da sua morte, documentam sua biografia de forma impressionante. Além disso, ao longo do trajeto, hotéis selecionados oferecem opções de spa e bem-estar, concebidos bem no estilo do culto à beleza praticado por Sissi.

A Rota de Sissi

Extensão: 2.000 km

Tema: estações da vida da imperatriz Elisabeth da Áustria

Destaques:
Augsburg: Fugger, marionetes Puppenkiste, residência do irmão de Elisabeth, Maximilianstrasse
Aichach: castelo d'água Unterwittelsbach
Füssen: castelos reais
Possenhofen: museu da imperatriz “Kaiserin Elisabeth-Museum”, lago Starnberger See

ÁUSTRIA
Viena: Hofburg, Museu Sissi
Bad Ischl: mansão imperial

HUNGRIA
castelo Gödöllö

ITÁLIA
Merano: castelo Trautmansdorff
Trieste: castelo Miramare

GRÉCIA
Corfu: castelo Achilleon

SUÍÇA
Genebra: Hotel Beau-Rivage

www.sisi-strasse.info

Controle de site acessível

Dois atalhos úteis para o zoom no seu navegador:

Aumentar: +

Diminuir: +

No seu navegador, você encontra mais informações clicando o ícone: