Kühdorf: albergue histórico “Zum Gutsauszügler”
Kühdorf: albergue histórico “Zum Gutsauszügler” ©Verein „Reussische Fürstenstrasse e. V.“
Rotas de férias de A a Z
A Rota Principesca de Reuss

Rota Principesca de Reuss – Passeio histórico pelo leste da Turíngia

A Rota Principesca dos Reuss, um roteiro cultural-histórico de aproximadamente 110 km, se estende de Bad Köstritz até Bad Lobenstein através da região de Vogtland, na Turíngia, onde se estabeleceram desde 1778 os príncipes da Casa de Reuss e seus antepassados, os bailios de Weida, Gera e Plauen. Os nobres dos Reuss são considerados a única casa de príncipes alemães, cujos antepassados ascenderam de postos ministeriais na Idade Média para príncipes regentes.

O trajeto corta o território que foi dominado pelos príncipes imperiais da casa dos Reuss durante cerca de 800 anos e apresenta a história da linhagem dos Reuss. Os primeiros antepassados documentados surgiram no século XII, na região localizada dos dois lados do Elster “Branco” que lhes foi cedida pelo Imperador Frederico Barbarossa (1152–1190) como feudo do império. Erkenbert I é considerado o fundador da Casa dos Reuss.

Dinastia de Príncipes dos Reuss

A Casa dos Reuss era originalmente composta por administradores, ou “bailios” do império que mais tarde tornaram-se senhores e, depois, condes. A linha mais antiga, e somente ela, tornou-se uma linha de príncipes do império em 1778, sendo seguida mais tarde pelas linhas mais jovens. Diversas linhas dos príncipes imperiais governaram os bailiados da Turíngia, na atual região de Vogtland, e embora grande parte dessas linhas já estejam extintas, a dinastia de nobres existe ainda hoje. Até a 1a Guerra Mundial, existiam os principados soberanos dos Reuss da linha jovem e dos Reuss da linha antiga.

História e lendas

Graças aos pequenos estados dos Reuss, surgiu uma grande variedade de atrações históricas e culturais encontradas ao longo da Rota Principesca dos Reuss. Ainda hoje se encontram cidades e aldeias no “Território dos Reuss” com uma arquitetura notável. Castelos protegidos por muralhas, belos palácios, mosteiros veneráveis e museus transmitem uma visão abrangente das raízes históricas dessa região.

Um território principesco

As encostas da Floresta da Francônia e das montanhas de Schiefergebirge na Turíngia são características da região. Os rios Saale, Wisenta, Weida e Weisse Elster formaram vales que dão à paisagem uma beleza toda especial. A região é rica em florestas com diversas barragens nos vales, como a Bleilochtalsperre, uma das maiores barragens em vales na Alemanha.

Uma dinastia ramificada

Siga os passos da dinastia de príncipes dos Reuss, conhecendo um território tão diversificado quanto a própria vida. Descubra o que há por trás dessa linha de nobres e qual era a ligação entre o Imperador Barbarossa e os Reuss.

A Rota Principesca de Reuss

Extensão: cerca de 110 km

Tema: dinastia de príncipes dos Reuss, cultura

Destaques:
Bad Köstritz: ataúde do príncipe Fürsten Heinrich Posthumus Reuss, cervejaria de cerveja preta
Bad Lobenstein: parque, castelo
Burgk: castelo
Ebersdorf: castelo
Gera: Van de Velde-Villa
Greiz: castelos
Schleiz: igreja montanhesa “Bergkirche”, Museu Duden
Weida: Osterburg
Wünschendorf: mosteiro Mildenfurth

www.reussischefuerstenstrasse.de

Controle de site acessível

Dois atalhos úteis para o zoom no seu navegador:

Aumentar: +

Diminuir: +

No seu navegador, você encontra mais informações clicando o ícone: