Castelo Rheinsberg
Castelo Rheinsberg ©TMB Tourismus-Marketing Brandenburg GmbH (TMB Fotoarchiv)
Rotas de férias de A a Z
A Rota Alemã da Argila

Rota Alemã da Argila – Uma matéria-prima sempre presente na região

Visite o norte de Brandenburgo! Seguindo a Rota Alemã da Argila, um circuito de aproximadamente 215 km levará você às pérolas da natureza e da história na região dos lagos da Ruppiner Seenland: saindo de Velten, você passará por Rheinsberg, Mildenberg, Fürstenberg, Berlim e voltará a Velten, vendo paisagens impressionantes e lagos tranquilos, alguns deles surgidos da exploração da argila a céu aberto, que hoje oferecem abrigo para várias espécies de animais e plantas.

A paisagem especial da Ruppiner Land caracteriza-se pelo céu claro sobre florestas e campos verdejantes, lagos de águas cristalinas, riachos de cursos tortuosos e as estradas pavimentadas com pedras, típicas da região. Hoje, a Rota Alemã da Argila corre exatamente ao longo da linha onde se formaram grandes jazidas de argila varvítica no fim da era glacial. Essas argilas são rochas sedimentares compostas principalmente de materiais argilosos – rochas de crevasse erodidas.

Qual é o tom da argila?

O material das rochas é arenoso, geralmente em tons de amarelo ao cinza, com variações de cor para o vermelho, violeta, verde ou preto. Misturada com água, a argila torna-se uma massa maleável. Essa massa é a matéria-prima usada na fabricação de artefatos de cerâmica, como telhas, azulejos, vasos e panelas, material de construção ou massa para a indústria de papel.

Experiência emocionantes

É exatamente aqui, em Ruppiner Land, que corre a Rota Alemã da Argila. Não importa se você prefere pegar a rota de bicicleta, a trilha de excursão pela água ou explorar a região de carro, muitos museus interessantes e atrações apresentam a você a história da argila, enquanto oficinas de cerâmica e galerias apresentam trabalhos artísticos e o artesanato produzido aqui há muitas gerações.

Criatividade com argila

Todas deixaram sua marca no local e vale a pena conhecê-la. As jazidas de argila e a indústria de olarias, desenvolvida mais intensamente nos séculos XVIII e XIX, deixaram sua marca não só na paisagem local, mas também nas aldeias e cidades. Aliás, a fabricação de artigos de barro e cerâmica é uma das mais antigas técnicas de produção da humanidade. Além disso, não faltam opções para pôr em prática a própria criatividade, por exemplo fazendo ou pintando vasos de cerâmica, entre outras coisas.

Rota Alemã da Argila

Extensão: cerca de 215 km

Tema: produção de argila e cerâmica em Ruppiner Seenland

Destaques:
Kremmen: bairro dos celeiros, Scheunenviertel
Liebenwalde: Câmara Municipal
Lindow: „Schöne Nonne“
Marwitz: oficinas de cerâmica
Mildenberg: parque de olarias
Rheinsberg: castelo, museu da cerâmica
Staffelfelde: mansão feudal
Vehlefanz: moinho de vento, Bockwindmühle
Velten: museu de fornos
Zehdenick: paisagem de minas de argila, olaria

www.deutschetonstrasse.de

Controle de site acessível

Dois atalhos úteis para o zoom no seu navegador:

Aumentar: +

Diminuir: +

No seu navegador, você encontra mais informações clicando o ícone: