Passeio de barco pelas galerias subterrâneas das minas Dorothea Stollen, “Himmlisch Heer”
Passeio de barco pelas galerias subterrâneas das minas Dorothea Stollen, “Himmlisch Heer” ©Tourismusverband Erzgebirge e.V.
Rotas de férias de A a Z
A Rota da Prata da Saxônia-Boêmia

Rota da Prata da Saxônia-Boêmia

“Rota da Prata” – descobrir tesouros ocultos e conhecer a tradição preservada. Essa viagem promete explorações emocionantes, brilho e descobertas fascinantes. E é exatamente isso que você vai encontrar nos 275 quilômetros da Rota da Prata da Saxônia-Boêmia. Como um colar de prata, ela se estende de Zwickau até Dresden, passando por Annaberg-Buchholz até depois de Ostrov, na Boêmia.

A Rota da Prata da Saxônia-Boêmia é considerada o maior museu ao ar livre da Europa e recebe o visitante com um alegre “Boa sorte”! O percurso é bem sinalizado e inclui o trajeto original dos carros de madeira das minas e das transportadoras de prata, passando por diversos monumentos da região de minas e apresentando-se como ótima opção para conhecer as montanhas da região Erzgebirge.

A aventura da mineração e joias culturais

Mais de 30 minas abertas à visitação, museus, locais onde tradições foram preservadas, igrejas suntuosas e cidades históricas nas montanhas alinham-se como as pérolas de um colar. Grandes inventores, cientistas e intelectuais dessa época, como o engenheiro de minas G. Agricola, o construtor de órgãos G. Silbermann ou o matemático A. Ries atuaram nessa região.

Tradição e costumes na região de Erzgebirge

O nome “Erzgebirge” (montanhas de minérios) já traduz o que a região promete e associa imagens de séculos passados, quando se podia ouvir em toda a região os gritos dos trabalhadores anunciando quando encontravam prata nas minas. Oito séculos de tradição mineradora permanecem vivos na região de Erzgebirge, nos costumes, tradições e técnicas artesanais, na arte, cultura e religião. A tradição dos mineiros e operários das minas em trajes de festa – nas diversas paradas e festas da região, os costumes são preservados.

Aqui não existe monotonia

Muitos eventos ao longo do trajeto permitem conhecer as paradas mineiras, os costumes da época de Natal e o folclore local. No artesanato, as principais atividades locais são as esculturas em madeira, a renda de bilro e as figuras de zinco, além da fabricação das famosas pirâmides de Natal, presépios, quebra-nozes, anjinhos, brinquedos e as diversas figuras natalinas, típicas da arte em madeira de Erzgebirge.

Um destino para o ano inteiro

Mais de 1.600 oficinas de artesanato abrem suas portas para que você possa observar os artesãos durante seu trabalho. No verão, a Rota da Prata da Saxônia-Boêmia adquire cores de todos os tons e uma beleza particular – e no inverno, ela se transforma num sonho natalino cheio de charme e romantismo.

Rota da Prata da Saxônia-Boêmia

Extensão: cerca de 275 km

Tema: cultura da mineração, tradição, jazidas de prata

Destaques:
Annaberg-Buchholz: Adam-Ries-Museum, igreja St. Annnenkirche, Frohnauer Hammer,
Aue: minas Vestenburger Stollen, igrejas, museus
Bad Schlema: termas medicinais, minas abertas à visitação
Dresden: Zwinger, Semper Oper, museus
Freiberg: catedral, Himmelfahrt Fundgrube, terra mineralia
Marienberg: Câmara Municipal, St. Marien, museu
Schneeberg: mina aberta à visitação, observatório, museus
Zwickau: August-Horch-Museum, castelo de Osterstein, Johannisbad

www.silberstrasse.de

Controle de site acessível

Dois atalhos úteis para o zoom no seu navegador:

Aumentar: +

Diminuir: +

No seu navegador, você encontra mais informações clicando o ícone: