Rota do Paisagismo de Jardins entre o Reno e o Maas ©Points of view2007 (CharlesDuprat, TonyCragg)
Rotas de férias de A a Z
A Rota do Paisagismo de Jardins entre o Reno e o Maas

Rota do Paisagismo de Jardins entre o Reno e o Maas – Belezas da botânica

Você será recebido com flores! A Rota do Paisagismo de Jardins, entre Kleve e Brühl, e entre o Reno e o Maas, é um grupo de cerca de 60 jóias da jardinagem abertas ao público na Renânia do Norte-Vestfália e na fronteira com a Holanda. O roteiro permite conhecer 300 anos de história do paisagismo de jardins na Europa, mas a modernidade também encontra seu lugar. Convidamos você a entrar e conhecer nosso jardins.

Ao longo da Rota do Paisagismo de Jardins, entre o Reno e o Maas, uma paisagem variada de jardins de valor cultural inestimável estende-se pela Renânia e pela província holandesa de Limburg. Parques paisagísticos e de castelos, jardins botânicos, jardins e hortas de mosteiros, de mansões, casas e fazendas abrem suas portas para o público. Exposições de jardinagem e botânica, ou de artes plásticas, esculturas e muito mais mostram o que há de mais interessante neste setor.

Toda a variedade do paisagismo de jardins

Ao longo da rota, há inúmeros jardins maravilhosos, muitos deles históricos, desde parques de castelos barrocos até jardins paisagísticos em estilo inglês. Alguns são famosos – por exemplo, o conjunto do castelo de Augustusburg, em Brühl, que é patrimônio cultural mundial – enquanto outros ainda são quase desconhecidos. Muitos foram criados por paisagistas e artistas famosos, como Peter J. Lenné ou Maximilian F. Weye. O visitante sente-se quase como se estivesse nos famosos jardins do Vale do Loire ou em algum condado inglês.

Jardins que abrem suas portas para o público

A rota passa para por grandes propriedades com canteiros de flores barrocos, lagos e jardins de bosques discretos à beira de castelos maravilhosos, mas também por jardins em estilo inglês sobre montes pequenos com lagos, grupos de árvores, e campos entremeados por caminhos que deslumbram sempre vistas surpreendentes.

A busca da beleza

Muitas vezes, os parques e jardins pertencem a grandes propriedades e castelos, formando conjuntos arquitetônicos que deixam os visitantes fascinados. A escolha é grande: do castelo Dyck ao Centro de Cultura do Paisagismo e de Jardins, passando pelo parque de esculturas do castelo Moyland, pelo castelo Benrath, os terraços do mosteiro de Kamp, que lembram Sanssouci, ou o Gartenreich na ilha de Hombroich, na planície de inundação do rio Erft, que combina natureza com arte, ou ainda o jardim japonês em Leverkusen.

A variedade colorida de jardins, arte e cultura

Muitos desses lugares preservam viva a herança cultural do paisagismo dos séculos passados nessa região. Por outro lado, em outros é possível conhecer propostas e a arte dos jardins de modernos arquitetos paisagistas. Passeie pelo “Jardim das Vaidades”, seguindo os passos do simbolismo das plantas, inspire-se com a atmosfera tranquila do “Jardim das Vizinhos Simpáticos” e sinta a força meditativa do “Jardim Judaico”. O que todos têm em comum é sua individualidade e projeto fora do comum.

Rota do Paisagismo de Jardins entre o Reno e o Maas

Tema: Paisagismo de jardins em Niederrhein, cultura

Destaques:
Bedburg-Hau: parque do castelo, Schlosspark, Museu Moyland
Brühl: castelo de Augustusburg
Düsseldorf: castelo e parque Benrath,
Kleve: jardim com floresta, anfiteatro
Colônia: flora e Jardim Botânico
Königswinter: castelo de Drachenburg
Krefeld: Haus Esters/Haus Lange
Lüchen: Neue Gärten no castelo Schloss Dyck, parque do castelo
Solingen: Brückenpark Müngsten
Wuppertal: parque de esculturas Waldfrieden (Tony Cragg), trem suspenso
Xanten: jardins privados, parque arqueológico

www.strasse-der-gartenkunst.de

Controle de site acessível

Dois atalhos úteis para o zoom no seu navegador:

Aumentar: +

Diminuir: +

No seu navegador, você encontra mais informações clicando o ícone: