Rota dos Moinhos da Baixa Saxônia ©Südheide Gifhorn GmbH (GHN)
Rotas de férias de A a Z
A Rota dos Moinhos da Baixa Saxônia

Rota dos Moinhos da Baixa Saxônia – Girando com o vento

Ao longo dos cerca de 260 km da Rota dos Moinhos da Baixa Saxônia, entre o Mar do Norte, o Elba e o Weser, quem gosta de moinhos vai encontra mais de 100 deles em curtas distâncias. Aproveite e use a rota como um guia turístico pela região, levando a diversos tesouros escondidos.

A Rota dos Moinhos da Baixa Saxônia passa por cidades caracterizadas pelas casas de enxaimel, atravessa os vales de fontes do Ilmenau, as aldeias tranquilas da planície Hohe Heide, as florestas da planície sul, a Südheide, e a região de Celle com a reserva natural de Allerniederung, abrangendo também um pouco de Cuxland. Tão variados quanto a própria paisagem são também os moinhos e suas histórias.

Impressões dos moinhos

Há moinhos de vento e de água, museus de moinhos ainda em operação e outros fora de funcionamento, onde tudo foi preservado exatamente como no último dia de trabalho. Moinhos cuidadosamente transformados em residências integram a rota, assim como moinhos que se transformaram em modernas empresas. A construção e a tecnologia dos moinhos fascina mesmo aqueles que não se interessam muito por assuntos técnicos. Pois nos velhos moinhos é possível seguir o caminho trilhado pela energia, desde as asas ou da roda d'água até o saco de farinha, comprovando de forma impressionante as habilidades dos antigos construtores de moinhos.

Era uma vez

O romantismo que associamos hoje aos moinhos não existia para nossos antepassados. Para eles, os moinhos faziam parte do cotidiano. Eles haviam se espalhado pela Europa desde o início da Idade Média, marcando vários setores de trabalho. Serviam para moer grãos, forjar ferramentas, tecer algodão e prensar óleo, preparar massa para a fabricação de papel e muito mais. Os moinhos foram os precursores da primeiras fábricas.

Contos de fadas, mitos e lendas

Muitos mitos e lendas giram em torno também de moinhos. Seja nas histórias sobre anões que operavam um moinho, ou sobre a bela moleira que se transformava em um gato preto e saía pela noite; o conto do gato de botas ou o súbito fim dos personagens Max e Moritz – os moinhos são locais românticos e cheios de fantasia. Muitos são antiquíssimos, localizados em lugares ermos e sempre perto de um curso de água ou onde há vento. A atmosfera aqui é repleta de história e lendas, perfeita para uma viagem cheia de fantasia.

Guia para os moinhos

A Rota dos Moinhos da Baixa Saxônia conta com mais de 100 moinhos. Quem quiser pode fazer seu próprio roteiro individualizado, composto dos diversos circuitos oferecidos. Uma escapada que não se deve perder para conhecer ainda mais moinhos é o Museu Internacional do Moinho em Gifhorn, único do gênero no mundo. Seja de bicicleta, de carro ou a pé, o visitante encontra sempre novos aspectos que levam a novas descobertas e tornam a viagem ao longo da Rota dos Moinhos da Baixa Saxônia uma experiência inesquecível.

Rota dos Moinhos da Baixa Saxônia

Extensão: cerca de 260 km

Tema: Moinhos, paisagem, cultura

Destaques:
Aurich: moinho da igreja, Stiftsmühle
Burlage: Erdholländer
Buxtehude: moinho a motor, Motormühle
Cloppenburg: moinho de vento, Kokerwindmühle
Dornum: moinho de vento, Bockwindmühle
Gifhorn: Museu Internacional dos Moinhos de Vento e de Água
Haren/Ems: Wallholländer
Heiligenthal: moinho de água
Hoyersvörde: moinho circular, Steingalerieholländer
Jork-Borstel : moinho de vento, Galerieholländer
Övelgönne: moinho de água
Rinteln-Exten: monumento à indústria, Unterer Eisenhammer
Stade: moinhos Galerieholländer, Bockwindmühle

www.niedersaechsische-muehlenstrasse.de

Controle de site acessível

Dois atalhos úteis para o zoom no seu navegador:

Aumentar: +

Diminuir: +

No seu navegador, você encontra mais informações clicando o ícone: