• 0
Offenbach – seguindo seu próprio caminho para o sucesso

Offenbach – seguindo seu próprio caminho para o sucesso

Ninguém pode dizer que Offenbach e Frankfurt convivem amigavelmente como vizinhos. O que existe é mais uma rivalidade alimentada com todo o cuidado, que se exprime em piadas ofensivas, sarcasmo cortante e a certeza de que a existência do outro só pode ser uma brincadeira de mau gosto da história. O que vale principalmente para o time de futebol da cidade vizinha.

Cultura industrial e arte artesanal

Alguns habitantes de Offenbach acreditam até hoje que é possível encontrar, em documentos antigos, evidências de que Frankfurt um dia pertenceu a Offenbach. Não há provas disso, mas é certo que Offenbach e Frankfurt são realmente cidades opostas. Ao contrário de Frankfurt, em Offenbach surgiu uma indústria cultural burguesa bastante desenvolvida, da qual museus especializados dão testemunho até hoje. O Museu do Couro, por exemplo, é resultado da longa tradição do preparo e manufatura do couro. Ou o Klingspor-Museum, que mostra a arte internacional da edição de livros e da escrita, como trabalhos de Peter Behrens e o "Manuale Tipografico" do famoso tipógrafo Bodoni. A base desse museu é a coleção de Karl Klingspor e de Siegfried Guggenheim, natural de Offenbach, que emigrou para Nova York em 1938 – ainda hoje um nome impressionante e inconfundível. No ano de 1800, a arte da litografia foi descoberta em Offenbach e desde então, a cidade tornou-se um centro da indústria gráfica. A famosa Escola Superior de Design de Offenbach e cerca de 900 empresas da área de design, imprensa, gráfica e filme fazem de Offenbach um dos mais importantes centros criativos da Alemanha.

Previsão do tempo e visitas famosas

Menos criatividade e mais exatidão é o que se procura no serviço alemão de meteorologia, o Deutscher Wetterdienst, que tem sua sede em Offenbach desde 1952. Embora o publico geralmente só tome conhecimento de sua atividade depois que as previsões acontecem, vale a pena visitar o Wetterpark Offenbach, uma área de lazer, parque temático e museu ao ar livre ao mesmo tempo.

Alguns criativos famosos, como Niccolò Paganini e Wolfgang Amadeus Mozart, visitaram a cidade emergente algumas vezes, um para comprar as cordas que eram produzidas aqui, o outro porque suas partituras eram impressas aqui. Goethe, porém, tinha uma outra razão para suas visitas frequentes: sua noiva morava aqui. Os museus de Offenbach, entre eles o Museum Rosengarten de arte contemporânea, ou o belo bairro do período econômico do "Gründerzeit", o castelo de Isenburg – uma das obras renascentistas mais importantes ao norte dos Alpes – igrejas notáveis e seus parques são motivos para que Offenbach seja hoje um destino que vale a pena.

Eventos

The Schirn building itself is a bit like a modern art work in the heart of Frankfurt's old quarter, a light, angular design contrasting with the grand, red sandstone cathedral and the Römer, the old town hall. This art gallery lies in the heart of the city – and is an important focal point in Frankfurt's cultural life. It is also one of the most celebrated galleries in Germany and in Europe.

Schirn is the Hessian word for a structure such as a hut or a shed, but this belies its significance in the world of art. Since opening in 1986, the Schirn has staged some 200 exhibitions. It has no collection of its own but organises temporary exhibitions and projects on selected themes or the work of individual artists. The themed exhibitions have made most notable contribution to the gallery's international reputation, for instance Viennese art nouveau, Expressionism, Dadaism and Surrealism, the history of photography and subjects such as 'shopping – art and consumerism', and the visual art of the Stalin era. Major retrospectives have honoured artists such as Wassily Kandinsky, Marc Chagall, Alberto Giacometti, Frida Kahlo, Bill Viola, Arnold Schoenberg, Henri Matisse and Julian Schnabel.

Taking a stance on topical themes and aspects of artistic creation can be said to be the Schirn's hallmark. It aims not only to engage visitors in a meaningful exhibition experience but also to encourage active participation in the cultural discussion.

Próximas datas:

07.06.2019 - 01.09.2019

07.06.2019 - 01.09.2019

19.06.2019 - 08.09.2019

19.06.2019 - 08.09.2019

26.09.2019 - 12.01.2020

26.09.2019 - 12.01.2020

11.10.2019 - 12.01.2020

11.10.2019 - 12.01.2020

13.02.2020 - 24.05.2020

Local do evento

Schirn Kunsthalle
Bendergasse
60311 Frankfurt am Main

Todas as informações sobre preços, datas e horários de abertura estão sujeitas a alteração.

Most of Frankfurt's museums can be found in close succession along the southern banks of the river Main.

With views of Frankfurt's famous skyline, this is a wonderful place for a stroll – and for a festival. The Museum Embankment Festival attracts around three million visitors every year with its winning combination of art, culture, music and cuisine. Exceptional programmes at the city's museums, live entertainment on stage, and arts and crafts make this event one of the largest festivals of culture in Europe.

Próximas datas:

23.08.2019 - 26.08.2019

Local do evento

Museumsufer
Metzlerpark
60594 Frankfurt am Main

Todas as informações sobre preços, datas e horários de abertura estão sujeitas a alteração.
The Dippe Fair Frankfurt can look back onto a tradition that goes all the way back to the 14th century. Back then, it was called the “Maamess” and was a medieval market for household goods. Nowadays, the Dippe Fair Frankfurt is the biggest folk festival and takes place twice a year - once in the spring around Easter and once in the autumn at the end of September - on the festival square by the Ratsweg near the East park.

Próximas datas:

06.09.2019 - 15.09.2019

Local do evento

Festplatz am Ratsweg
Am Bornheimer Hang 4
60386 Frankfurt am Main

Todas as informações sobre preços, datas e horários de abertura estão sujeitas a alteração.

Apresentações e eventos

Buscar eventos
(em alemão e inglês)
Outros critérios de busca
Redefinir tudo