• 0
Rotas de férias de A a Z
A
  • A
  • B
  • C
  • D
  • E
  • F
  • G
  • H
  • I
  • J
  • K
  • L
  • M
  • N
  • O
  • P
  • Q
  • R
  • T
  • U
  • V
  • W
  • X
  • Y
  • Z
Rota do Aspargo em Baden – Prazeres culinários de primeiríssima classe

Rota do Aspargo em Baden – Prazeres culinários de primeiríssima classe

O nome da Rota do Aspargo em Baden já diz tudo, e os admiradores já sabem disso há muito tempo: foi aqui que se estabeleceu uma verdadeira elite dos aspargos. A rota e a ciclovia que corre paralelamente a ela são puro prazer, do início ao fim. Ela começa na cidade do aspargo, Schwetzingen, e passa por Reilingen, Karlsruhe e Rastatt, perfazendo quase 136 quilômetros até Scherzheim.

Os verdadeiros gourmets mal podem esperar a primavera, quando começa a estação dos aspargos e dos morangos bem doces. Luís XIV, o Rei Sol, já era um grande amante de aspargos e foi seguido mais tarde, por volta de 1750, pelo príncipe-eleitor Karl Theodor. Ele gostava tanto desse legume que mandou cultivá-lo nos atuais jardins do castelo de sua residência de verão, Schwetzingen. Daqui o aspargo começou a conquistar pouco a pouco a cozinha das cortes e principados vizinhos no século XVIII.

É bom saber

O aspargo já era uma planta conhecida na Idade Média por suas propriedades terapêuticas contra todo tipo de doenças. Recentemente, o aspargo ganhou fama também como um legume muito saudável e desintoxicante para o corpo que sofre com o estresse. Hoje, uma cura com aspargos é uma das terapias mais agradáveis que se pode escolher para cuidar da saúde.

Renda-se a esse prazer culinário

A época do corte dos aspargos brancos começa mais ou menos a partir de meados de abril e segue até 24 de junho. Durante esse período, o visitante pode observar a colheita nas plantações de aspargos, ou até participar dela. Por todo lado da Rota do Aspargo há festas populares onde os aspargos são servidos, enquanto os restaurantes e adegas servem essa especialidade fresquinha, com receitas saborosas. Não faltam nomes criativos para tentar definir a sensação saborosa do aspargo na boca dos gourmets: “verdura dos reis”, “caules de ar primaveril”, ou “marfim comestível” são apenas algumas das tentativas de descrevê-la.

Aspargos e vinho

Seja branco, verde ou em tons de violeta – é impossível imaginar a primavera sem o aspargo e sem um bom vinho para acompanhá-lo. É aí que o vinho de Baden entra em cena, como acompanhamento harmônico para criar uma perfeita simbiose com o aspargo. Quem teria imaginado que o aspargo e o vinho formariam um par tão bonito? Mas seja na época dos aspargos, ou durante a colheita das videiras, essa rota faz a viagem valer a pena em qualquer estação do ano.

A Rota do Aspargo em Baden

Extensão: cerca de 136 km

Tema: aspargos em Baden

Destaques:
Bruchsal: castelo barroco, maior mercado europeu de aspargos
Hockenheim: Fórmula 1, DTM, escola de patins in line
Karlsruhe: castelo, museus
Rastatt: maior empresa nacional de cultivo de aspargos
Reilingen: trilha educativa sobre aspargos e tabaco
Schwetzingen: castelo, mesquita

www.reilingen.de