Este é o sabor da Alemanha.

Todos sabem que a cerveja e as salsichas não podem faltar nas festas e feiras – mas essa é apenas uma pequena parte do mundo de delícias que a Alemanha tem para oferecer. Faça uma viagem de descobrimentos culinários pela Alemanha. Você ficará surpreso com a variedade de sabores e de novas experiências esperando por você.

Assim que o primeiro vinho depois da vindima é servido, elas começam a surgir por todo lado nas regiões vinícolas. As “Besenwirtschaften”, uma espécie de restaurante caseiro em Baden-Württemberg, são administradas, em geral, diretamente pelos próprios vinicultores e ficam abertas apenas por poucos dias no ano, muitas delas instaladas em simples celeiros, porões ou garagens. Para indicar que a estação começou e os locais estão abertos, as fachadas das casas são decoradas com uma vassoura (Besen). Por isso, em Württemberg esses lugares são chamados de “Besenwirtschaft”, ou “Besa”. Em Baden, eles são chamados de “Straussen”, ou “Straussi”. Mas o importante é sua atmosfera incomparável.

mais »

Embora a cerveja não tenha sido inventada na Alemanha, a verdade é que foi aqui que a arte de sua fabricação alcançou a perfeição. Existem cerca de 5.000 cervejas diferentes na Alemanha, fabricadas em mais de 1.300 cervejarias, das quais mais da metade se encontra na Baviera. Essa variedade não encontra nada comparável no mundo. E além disso, todos os tipos de cerveja estão sujeitos à “Reinheitsgebot”, à “lei da pureza da cerveja”, e não podem conter outros ingredientes a não ser água, malte, lúpulo e levedura. No verão, o melhor lugar para se refrescar com a bebida é em uma das diversas cervejarias ao ar livre da Alemanha, os “Biergarten”.

mais »

Várias lendas firam em torno desses biscoitos: histórias de imperadores, de um grande incêndio e até do demônio. Mas uma coisa é certa: o Printe é um fino biscoito de mel, que pode ficar mais ou menos macio, conforme a quantidade de mel. E ele é, sem dúvida, delicioso, principalmente se for decorado com nozes, amêndoas ou cerejas. O Printe surgiu quando Napoleão cortou o fornecimento de açúcar para o continente. Os padeiros e confeiteiros adoçavam a massa com um xarope de açúcar de beterraba e o Printe de Aachen adquiriu seu sabor especial.

mais »

Um bolo que parece uma árvore. O verdadeiro bolo Baumkuchen de Salzwedel é provavelmente a especialidade mais famosa da região de Altmark. Essa delícia é produzida há mais de 200 anos. A propósito, o bolo não é comido em fatias, como uma torta, mas em pedaços cortados do anel, com formato de meia lua. Dessa forma, os anéis semelhantes ao tronco de uma árvore ficam mais em destaque.

mais »

A torrefação do café tem tradição na região do Weser. Em 1673, a primeira cafeteria em uma região de língua alemã abriu suas portas no norte do país. Desde então, o café nunca mais saiu de moda. E as chances são boas de que o café servido, moído ou em grãos, venha de Bremen . Uma em cada duas xícaras de café servidas entre o Mar do Norte e os Alpes vem de Bremen. E não só o tipo que contém cafeína. Graças a Ludwig Roselius, foi na região do Weser também que surgiu a indústria da descafeinização.

mais »

Ainda hoje, o costume na Frísia Oriental é oferecer um chá quando chega uma visita, e servi-lo sempre com açúcar candy e um pingo de creme de leite por cima. Depois, é preciso ter muita calma, pois o verdadeiro chá da Frísia Oriental não deve ser nem mexido, nem batido. Só assim é possível sentir o verdadeiro sabor do chá em três fases: primeiro cremoso e suave, depois amargo e, por fim, doce. Os iniciantes recebem uma introdução à cerimônia do chá da Frísia Oriental no museu do chá, Teemuseum Norden, e nos diversos e simpáticos cafés ao longo do litoral.

mais »

O Christstollen é um bolo tradicional cuja receita os confeiteiros de Dresden guardam em segredo há séculos. Embora os ingredientes básicos do Stollen de Dresden tenham sido definidos centenas de anos atrás, cada um dos cerca de 130 fabricantes e confeiteiros de Stollen em Dresden tem sua própria receita familiar. O Dresdner Christstollen é fabricado somente em Dresden e nas redondezas. Você reconhece se ele é verdadeiro no selo de qualidade.

mais »

A salsicha Currywurst está sempre presente na vida culinária de Berlim . A mais autêntica é vendida no Konnopke’s Imbiss, na rua Schönhauser Allee. O nível de pimenta dos molhos curry que acompanham a salsicha são definidos de “celestial até infernal” – e isso desde 1930. Quem não quiser apenas provar, mas também conhecer a fundo essa salsicha que virou cult, pode visitar o Currywurstmuseum e fazer uma expedição bem divertida. O museu temático tem de tudo, desde um sofá em forma de salsicha até uma câmara de temperos, com tubos com aromas. A ordem é pegar e experimentar de tudo.

mais »

Controle de site acessível

Dois atalhos úteis para o zoom no seu navegador:

Aumentar: +

Diminuir: +

No seu navegador, você encontra mais informações clicando o ícone: