• 0
Kassel: obra de arte e conto de fadas.

Kassel: obra de arte e conto de fadas.

Cidade que se tornou centro das atenções no mundo da arte contemporânea, com a documenta, Kassel é também uma das mais interessantes atrações culturais da Alemanha, devido à herança dos irmãos Grimm. Uma cidade que sempre soube combinar tradição com inovação, que tem um dos mais belos parques na Alemanha, o Wilhelmshöhe, e um símbolo como nenhuma outra: o Hércules.

Era uma vez... dois irmãos que viveram em Kassel durante muitos anos e ali criaram obras inesquecíveis como a grande coletânea de contos de fadas e fábulas infantis, e a "Gramática Alemã" ("Deutsche Grammatik"). E como eles eram tão famosos, sua memória é preservada em Kassel até hoje – com o museu a eles dedicado (GRIMMWELT), as comemorações de aniversários e datas memoráveis, congressos e exposições. Há 200 anos, foi publicado o primeiro livro de fábulas dos irmãos Wilhelm e Jacob Grimm, que alcançaram grande reputação também como linguistas, historiadores e democratas engajados. Seu irmão mais novo, o pintor Ludwig Emil Grimm, também será homenageado em Kassel, em 2013, durante o ano comemorativo dos irmãos Grimm. E, como não poderia deixar de ser, Kassel é das estações mais importantes da Rota Alemã dos Contos de Fadas, que dedica 600 quilômetros às fábulas e à vida dos irmãos Grimm.

Enquanto o cuidado com a herança deixada pelos irmãos Grimm preserva o passado, outro evento demonstra regularmente o que há de mais moderno na história da cidade: a documenta é mundialmente a mais importante exposição de arte moderna, um evento de superlativos e indicador de tendências no mundo da arte internacional. A exposição é realizada desde 1955 no Fridericianum e a partir de 1992, quando ocorreu a documenta 9, também no novo salão da documenta. Desde a realização da primeira documenta, o número de visitantes não para de crescer – em 2012, foram 860.000 pessoas. E como nomes famosos, como Brad Pitt, juntaram-se ao público, é bem possível que da próxima vez sejam ainda mais. A próxima documenta está prevista para 10 de junho a 17 de setembro de 2017 – para quem prefere se programar com bastante antecedência.

A exposição de obras ao ar livre também já é de praxe na documenta. Alguns dos projetos a céu aberto mais espetaculares tornaram-se parte integrante do perfil da cidade, como é o caso de 7.000 Eichen (7.000 carvalhos) de Joseph Beuys, a gigantesca Spitzhacke de Claes Oldenburg, às margens do Fulda, ou a figura do Man Walking to the Sky, de Jonathan Borofsky. Grande arte – e "marcos" no perfil de uma cidade, cujo caráter não se deve a uma reconstrução após a guerra, mas sim a uma construção totalmente nova sobre o antigo terreno. A intenção era romper radicalmente com a herança do passado. Hoje, porém, Kassel tem orgulho dos vários exemplos de projetos arquitetônicos bem sucedidos dos anos 1950, como o complexo da rua Treppenstraße, que há muito foi tombado pelo patrimônio histórico. Nas últimas décadas, entretanto, a modernização do centro da cidade foi acelerada e sua atratividade aumentou consideravelmente, graças a construções modernas, arte em espaços públicos e reformas nada convencionais das praças. Além disso, Kassel é ainda uma das cidades mais tradicionais no circuito teatral da Alemanha. A primeira construção dedicada ao teatro na Alemanha foi realizada aqui já em 1605, o Ottoneum, que mais tarde deu origem ao o atual Staatstheater Kassel. Os museus também merecem uma atenção especial. Além do sempre presente castelo Schloss Wilhelmshöhe, com sua extraordinária coleção de obras de Rembrandt, a Neue Galerie expõe obras dos dois últimos séculos, o famoso elefante de Goethe pode ser visto no Museu da História Natural Ottoneum, e o Astronomisch-Physikalische Kabinett (Gabinete Astrofísico) desvenda os mistérios da astronomia, da medição do tempo, da geodésia, da matemática e da física. Não é segredo; porém, que o parque Wilhelmshöhe, projetado no estilo de um parque inglês com seus 240 hectares e o Hércules, é o maior parque sobre colina na Europa, uma obra de arte completa, resultado da natureza, da arquitetura e do paisagismo. Na verdade, como você mesmo perceberá, pode-se dizer que não só Wilhelmshöhe, mas toda a cidade de Kassel é uma obra de arte completa.

Principais atrações das cidades

Kassel ganhou fama com a documenta e suas obras de arte polêmicas, incompreendidas por alguns, mas aclamadas por outros. A cada cinco anos, esse "Museu de 100 dias" convida o público a admirar, discutir, viver e se surpreender com a arte. Por ocasião da documenta 9, no ano de 1992, a feira recebeu pela primeira vez um espaço próprio para as exposições. O salão multifuncional oferece uma área de 1.400 metros para exposições e quase 700 metros de área útil adicional. Ele foi projetado pelos arquitetos Jourdan e Müller e seu espaço é usado para simpósios e conferências durante o período entre a realização documenta.

Com seus 240 hectares realizados no estilo de um jardim paisagístico inglês, o Bergpark Wilhelmshöhe é o maior parque paisagístico em colinas na Europa, um conjunto original que reúne com perfeição cultura, natureza e paisagismo. A água corre pelas cascatas, pela queda d'água Steinhöfer Wasserfall, passa pela Teufelsbrücke (a "ponte do diabo") e cai sobre o aqueduto até a estação final, o chafariz no laguinho do castelo, que joga a água a uma altura de 52 metros, usando a pressão natural. As instalações aquáticas impressionam principalmente quando o dia escurece e as águas correm iluminadas desde o Hércules até o castelo Wilhelmshöhe. Leia mais

Os irmãos Jacob (1785- 1863) e Wilhelm Grimm (1786-1859) estão entre as personalidades mais importantes da história cultural da Alemanha e alcançaram fama mundial com seus contos de fadas.

Mas eles desempenharam também um papel importante na lingüística e na pesquisa da literatura, nas áreas de direito, história e mitologia, além de terem atuado na política.

A Rota dos Contos de Fadas na Alemanha é um percurso de 600 quilômetros que liga os contos e a vida dos irmãos Grimm, saindo de Hanau, passando por Kassel até Bremen. Nos diversos lugares ao longo da Rota dos Contos de Fadas você encontra concertos e teatros, cultura e história e palácios e castelos. Festas, uma após a outra, convidam você a festejar também e fazem as lendas, sagas e contos tornarem-se quase realidade. Ao longo do caminho, teatros de marionetes, festivais ao ar livre e semanas de contos de fadas garantem uma programação variada o ano inteiro. Uma boa pedida aqui é talvez deixar o carro estacionado e caminhar, ou andar de bicicleta, para desfrutar também da natureza encantada.

Exibir mais