• 0
Kiel: cidade à beira-mar e porta para o Mar Báltico

Kiel: cidade à beira-mar e porta para o Mar Báltico

Kiel, que durante muitos anos foi uma importante cidade portuária e naval, caracteriza-se hoje por uma cena estudantil ativa, um estilo de vida despreocupado e o charme urbano. Isso fica evidente na bela localização da capital, no fiorde de Kiel, e no moderno centro da cidade, onde o ponto de encontro é a Dänische Straße, uma espécie de sala de estar da cidade que manteve o charme marítimo nos seus prédios da fase de ouro do século XIX.

Onde o mar encontra o coração da cidade, a água é o elemento dominante. Esse charme marítimo pode ser visto e sentido em todo lado, no longo fiorde de Kiel, no porto ou nos típicos pórticos nos estaleiros, que estão entre os maiores da Europa. O Gorch Fock, um navio-escola que cruza os mares do mundo e é uma presença sempre bem-vinda em regatas internacionais, faz parte da paisagem da cidade, assim como as enormes barcas no cais escandinavo. As passagens para o norte começam a poucos minutos da estação ferroviária e os cruzeiros elegantes no terminal do Mar Báltico, de localização também central, prometem viagens inesquecíveis pelo mar. A Kieler Woche, o festival mundial da navegação à vela realizado todos os anos, destaca a importância da cidade como centro marítimo no norte. A ascenção da cidade começou quando ela, até 1864 dinamarquesa, entrou para a Prússia. Isso só mudou quando veio a destruição com a Segunda Guerra. Foi preciso muito tempo até que a cidade se recuperasse. Nesse meio tempo, um centro totalmente novo tinha surgido, mais amplo, espaçoso e moderno. Nem tudo ali corresponde ao gosto atual, de forma que foram feitas obras para valorizar o centro da cidade a partir dos anos 1990, entre elas a desconstrução da histórica rua Eggerstedtstrasse e a reforma do Alter Markt. Juntamente com a Dänische Straße, uma rua tradicional e representativa, e a Holstenstraße, uma das mais antigas zonas de pedestres da Alemanha, o centro da cidade ganhou novamente o charme e a serenidade típicos de Kiel.

Assim como a Kieler Woche para os velejadores, o Festival de Música Schleswig-Holstein é a grande atração para os amantes da cultura, uma das maiores festas de música clássica no mundo. Kiel é um dos palcos principais desse evento norte-europeu; o castelo Kieler Schloss, o fiorde, a Ópera e até o estaleiro Howaldt-Werft são o cenário perfeito para as estrelas internacionais. O teatro Kiel, o palco Niederdeutsche Bühne Kiel, o Polnisches Theater e vários teatros estudantis garantem um circuito teatral dinâmico, e os museus têm também formato internacional: o Museu da Navegação no cais Sartorikai, o Museu do Computador, o Museu Mecânico e o museu de arte Kunsthalle, com um acervo de 1.000 quadros oriundos de seis séculos, 200 esculturas, 40.000 obras gráficas e a coleção da antiguidade clássica, criadas no século XIX, são alguns dos mais importantes. Vale a pena fazer uma visita também ao museu da cidade no Warleberger Hof, a mais antiga casa da nobreza conservada desde o início do século XVII: suas exposições temporárias sobre temas históricos da cidade e da cultura dos séculos XIX e XX permitem uma visão profunda de épocas nem sempre felizes desta cidade. Por outro lado, Kiel tem a sorte de ter o canal do Mar do Norte e do Mar Báltico, a hidrovia com o maior volume de navegação do mundo e conexão da cidade com o Mar do Norte. O caminho pavimentado ao longo do canal é aberto para pedestres e ciclistas, e um convite a passeios e visitas a restaurantes com vista para os vários navios que atravessam o canal. Um detalhe especial é que a travessia de uma margem para a outra com uma das diversas barcas é gratuita. Já a especialidade local, o prato de peixe "Kieler Sprotten", pode não ser gratuita, mas é barata. Não deixe de experimentar, mesmo com a cabeça e espinhas. E há um bom motivo para que os habitantes de Kiel gostem tanto desse prato. Afinal, é assim também que os naturais da cidade, ou antigos moradores, são chamados: "Kieler Sprotte".

Principais atrações das cidades

O Nord-Ostsee-Kanal é a hidrovia artificial mais movimentada do mundo e liga o Mar Báltico ao Mar do Norte. Com cerca de 100 quilômetros de extensão, o canal atravessa (link zu Bundesländer -> Schleswig-Holstein) Schleswig-Holstein (/link) desde os fiordes de Kiel, no Mar Báltico, até a foz do Elba no Mar do Norte. Os navios surgem como miragens e é espantoso como eles parecem deslizar através dos campos. Há uma ciclovia que corre sempre ao longo do canal, ou diretamente perto, e em intervalos de poucos quilômetros há sempre lugares para descansar, repor energias e apreciar a vista. A paisagem é totalmente plana e o olhar alcança o horizonte: pedalar ao longo do canal é uma experiência e tanto!

A apenas poucos quilômetros de Kiel, o centro de informações do Mar Báltico, ou Ostsee-Infocenter , apresenta de forma compreensível e prática informações sobre o surgimento do Mar Báltico, sua flora e fauna, as ameaças ao Mar Báltico e que esforços são feitos para protegê-lo. Além disso, há informações interessantes sobre a pescaria. No tanque e nos aquários de água do mar o visitante pode conhecer o mundo submarino do Mar Báltico, enquanto pássaros litorâneos da região são mostrados no sue habitat típico.

Com os modernos terminais Ostseekai, Schwedenkai e Norwegenkai, Kiel tornou-se um dos portos mais importantes da Alemanha para cruzeiros. Mais de 140 desses navios ancoram no porto de Kiel e mais de 300.000 passageiros saem para conhecer a cidade todos os anos. Praticamente todas as companhias de navegação usam Kiel como porto de partida e chegada em viagens pelo Mar Báltico: seja uma viagem pela região nórdica da Noruega, Suécia ou Lituânia, ou por um dos muitos povoados para os quais se pode partir de Kiel. Mas mesmo para quem preferir ficar um pouco mais em Kiel: o porto das barcas é uma dica para um bom passeio.

A Kieler Woche, ou "Semana de Kiel", é uma regata que acontece todos os anos no mês de junho, realizada na cidade desde fins do século XIX. Ela é não só a maior competição de vela do mundo, mas também uma grande festa popular e da cidade. Todo o centro da cidade transforma-se em uma área de festas, fechada para o trânsito. Muito mais de 1.000 eventos atraem convidados de todo o mundo. Além de concertos ao ar livre, variedades e teatro, são oferecidas também delícias culinárias de todos os continentes. A alma da Kieler Woche, porém, continua sendo a vela – afinal, a principal razão para que grandes velejadores venham de todo o mundo para cá.

Exibir mais