• 0
Magic Cities de A a Z
Munique: onde a vida tem mais estilo.

Munique: onde a vida tem mais estilo.

Alguns preferem usar "Lifestyle", outros chamam a isso "Estilo de vida". Em Munique, o importante é que isso se escreve com maiúscula. Seja pelo famoso céu branco-azul, ou pela beleza da cidade, o fato é que os habitantes de Munique sempre mostram o que têm de melhor: nas cervejarias ao ar livre, nas maravilhosas avenidas ou no estádio do seu time, o FC Bayern.

Uma metrópole moderna com simpatia e uma longa tradição, charmosa e descontraída, animada, mas também sonhadora: Munique é a cidade alemã mais famosa pelo seu estilo de vida. Não é preciso ser rico e bonito para se sentir em casa em Munique, mas isso não atrapalharia. Se bem que a definição de riqueza é muito relativa; quem pode passear pelo centro da cidade com tempo e tranquilidade, parando aqui e ali, sentindo a atmosfera local, bem pode se considerar rico. E beleza, é claro, também é relativa. Mas não há dúvida de que uma das praças mais bonitas da Alemanha é a Marienplatz, o coração de Munique, com a antiga e a nova prefeitura, Altes e Neues Rathaus. Seu famoso toque dos sinos pertence a Munique tanto quanto a cervejaria Hofbräuhaus e a igreja Frauenkirche, o símbolo da cidade, com as cúpulas verdes das suas torres, que podem ser avistadas de longe. Um passeio pelo Viktualienmarkt é uma festa para todos os sentidos, há simplesmente de tudo aqui – desde coisas tipicamente bávaras até exóticas. Só não tente negociar preços – isso não faz parte do estilo de viver em Munique. Isso vale principalmente nas ruas nobres de comércio, como a Ludwigstraße, Maximilianstraße, Kaufinger Straße e Tal: aqui está reunido tudo o que há de melhor e mais caro, desde moda atual até antiguidades maravilhosas. As coisas ficam mais baratas, mas também mais alegres, nos bairros da moda em Munique, que há muito tempo incluem não só Schwabing, mas também a área em torno da praça Glockenbachplatz, da Gärtnerplatz e da rua Müllerstraße. A pedida aqui são as baladas, ou lojas alternativas, descontração e cultura gay e lésbica em todas as suas formas.

Já uma visita ao parque Englischer Garten, o oásis de lazer em Munique, entre o rio Isar e a cidade, é gratuita e uma garantia de pura descontração. Tudo é válido: simplesmente não fazer nada ou observar quem pratica o "Slackline" balançando na corda-bamba (melhora ainda: participar), ou surfar no Eisbach. Para passar uma tarde tranquila aqui, você ainda pode escolher entre duas das cervejarias ao ar livre, os "Biergärten", mais bonitas da cidade: uma delas fica junto à Chinesischer Turm (torre chinesa), a outra às margens do lago. Aliás, os "Biergarten", onde um público heterogêneo aproveita à vida à sombras das castanheiras, são um símbolo do verdadeiro estilo de vida de Munique. Embora esses jardins tenham nome de adega, ou "Keller", em alemão – Salvatorkeller, Löwenbräukeller ou Hofbräukeller. É que os cervejeiros, antigamente, armazenavam sua cerveja em espaços subterrâneos, de temperatura mais fresca, e logo tiveram a ideia de aproveitar para servi-la ali mesmo. Era o começo de uma tradição que, por sorte, continua sendo sagrada para os habitantes de Munique, até hoje.

Os habitantes de Munique têm orgulho também dos seus museus, que incluem alguns dos mais renomados do mundo: o Deutsches Museum, o maior museu de tecnologia e ciências naturais do mundo, as pinacotecas Alte e Neue Pinakothek, além da Pinakothek der Moderne, e a Lenbachhaus estão entre eles, assim como a Glyptothek, o acervo de obras da Antiguidade, Staatliche Antikensammlungen, e o Museu Brandhorst, com seu fantástico acervo de arte moderna a partir de 1945. O típico estilo de vida da cidade está presente também aqui no "Kunstareal München", onde não se encontra apenas a grande arte, mas também barzinhos simpáticos, cafés aconchegantes e lojas agradáveis, seguindo o princípio de combinar sempre o com com o belo. Já o Museu da BMW dedica-se à cultura automobilística, enquanto na Allianz Arena, as estrelas do FC Bayern mostram aos times convidados um outro lado do estilo de vida especial de Munique: se quiser saber onde estamos, estamos sempre por cima. Mesmo que você não seja um fã do FC Bayern, tente conseguir ingressos para um jogo. Vale a pena sentir de perto a atmosfera no estádio, é de arrepiar. E não é surpresa constatar que a Allianz Arena é um dos estádios mais bonitos do mundo: afinal, ela está em Munique.

Principais atrações das cidades

Imagine estar um dia no local onde foram feitos filmes famosos e ver de perto como se faz cinema e televisão: na Bavaria Filmstadt, isso é possível. Seu guia vai explicar exatamente como são produzidos clássicos do cinema e seriados da TV. Durante a visita pelos estúdios, a equipe dos efeitos especiais vai mostrar alguns segredos do seu baú de truques e você vai ficar sabendo de coisas que pobres mortais talvez nunca descobririam. Um dos pontos altos é, sem dúvida, o show de dublês da Bavaria, de tirar o fôlego não só dos fãs de filmes de ação. Outra experiência inesquecível é a visita ao cinema 4D, com seu sistema de som especial.

Quem gosta de futebol não deve perder a oportunidade de conhecer a atmosfera impressionante do estádio Allianz-Arena. Seja o campeonato alemão da Bundesliga, o europeu Champions League, ou amistosos, nessa obra-prima dos gênios da arquitetura Herzog & De Meuron, qualquer jogo de futebol se torna uma experiência inesquecível. Esse é o lugar certo para quem quiser se juntar a 75.000 torcedores e sentir de perto a emoção do canto ensurdecedor da torcida e partidas de arrepiar. Nas visitas guiadas, você vai conhecer os bastidores fascinantes de um dos mais modernos estádios da Europa – e, na opinião de muitos, também dos mais bonitos.

Como se não bastasse o fato de a Pinacoteca de Arte Moderna abrigar sobre o mesmo teto quatro coleções – a Coleção de Arte Moderna, a Coleção Gráfica Estadual de Munique, o Museu de Arquitetura da Universidade Técnica de Munique e a Nova Coleção – a galeria é também parte de um conjunto de museus ainda mais amplo:

a antiga e a nova pinacoteca, o Museum Brandhorst, a coleção de arte da Antiguidade, "Antikensammlungen", a Glyptothek e a Galeria Municipal, na Lenbachhaus e, claro, a Pinacoteca de Arte Moderna.

Leia mais sobre a Pinacoteca de Arte Moderna

Com mais de quatro quilômetros quadrados de área verde na margem ocidental do rio Isar, o parque Englischer Garten é um dos maiores parques urbanos do mundo. Man não é só no verão que essa atração encanta e atrai visitantes, também no inverno há motivos de sobra para uma visita ao parque. Uma das atrações principais e símbolo do parque é a Torre Chinesa, com seu famoso "Biergarten", uma das típicas cervejarias ao ar livre em Munique. Fica também no parque o riacho Eisbach, que tem área para surfistas, ou o pequeno anfiteatro, um pouco escondido, onde são apresentadas peças clássicas de teatro.

Exibir mais
Eventos

The Pinakothek der Moderne not only brings together four museums under one roof – Sammlung Moderne Kunst, Staatliche Graphische Sammlung München, Technische Universität Architecture Museum and Neue Sammlung – it's also part of an even larger group of museums: the Munich Art Quarter, which in addition to the Pinakothek der Moderne includes the Alte Pinakothek, Neue Pinakothek, Museum Brandhorst, Antikensammlungen, Glyptothek and Städtische Galerie im Lenbachhaus.

All modern art movements are represented in the Sammlung Moderne Kunst, for instance Expressionism, Fauvism, Cubism, New Objectivity, Bauhaus, Surrealism, Pop Art and Minimal Art. Works by Henri Matisse, Oskar Kokoschka, Max Beckmann, Pablo Picasso, Otto Dix, Lyonel Feininger, Joan Miró, René Magritte, Salvador Dalí and others are on display, as are examples by Brücke and Blue Rider artists. The Staatliche Graphische Sammlung has approx. 400,000 items covering every development in the history of drawing and prints, whilst the collection at the Technische Universität Architecture Museum, the faculty's collective memory, runs to around 500,000 drawings and plans by almost 700 architects, over 100,000 photographers, as well as mock-ups and archives – from Balthasar Neumann to Le Corbusier, and from Leo von Klenze to Peter Zumthor. Founded around a century ago, the Neue Sammlung is the world's oldest design museum. The approx. 80,000 objects in the industrial design, applied art and graphic design departments together make up the biggest design collection in the world.

Próximas datas:

06.01.2020 - 31.12.2020

Local do evento

Pinakothek der Moderne
Barer Straße 40
80333 Munich

Todas as informações sobre preços, datas e horários de abertura estão sujeitas a alteração.

Apresentações e eventos

Buscar eventos
(em alemão e inglês)
Outros critérios de busca
Redefinir tudo