• 0
Magic Cities de A a Z

Stuttgart: a melhor conexão entre cultura e automóvel.

Você pode dirigir automóveis. Ou sonhar com automóveis. Em ambos os casos, Stuttgart é um dos melhores destinos possíveis: não só porque é aqui que são fabricados automóveis mundialmente famosos, mas porque aqui a história do automóvel continua viva como em quase nenhum outro lugar. Sonhos sobre quatro rodas: em Stuttgart, eles se tornam realidade a cada visita.

O automóvel teve muitos criadores, mas só uma cidade natal. E ela se chama Stuttgart, desde o dia em que Gottlieb Daimler e Wilhelm Maybach inventaram o primeiro motor a gasolina leve e rápido em uma estufa adaptada para oficina, que hoje é um monumento visitado por muitos. Isso foi em 1885 e, desde então, a estrela de Stuttgart continua brilhando sobre o mundo dos automóveis. É claro que ela brilha mais ainda no Museu Mercedes-Benz, o único no mundo que conta a história da indústria automobilística em todos os detalhes. O museu já impressiona por fora, com um prédio futurista de arquitetura arrojada, mas é dentro dele, vendo as 160 jóias automobilísticas expostas, que a impressão se transforma em puro entusiasmo. Outros exemplares magníficos podem ser vistos no Classic Center Fellbach, entre eles clássicos como o 300 SL Gullwing (asa de gaivota), com as portas que se abrem para cima. Outra marca conhecida pelos seus clássicos é também, naturalmente, a Porsche – e o que se vê de lendas motorizadas no Museu da Porsche também faz os olhos brilharem. Os fãs dos antigos clássicos, principalmente, apreciam o "Meilenwerk" no terreno do antigo aeroporto, protegido como patrimônio histórico, que, junto com o hotel V8, forma o ambiente ideal para tudo o que diz respeito a automóveis de colecionadores, seu cuidado e belos acessórios. Todos os anos, em março, amantes de automóveis clássicos, vindos de todo o mundo, se encontram no Retro Classics, talvez a feira automobilística mais bonita da Alemanha; e a Retro Classic meets Barock, um encontro exclusivo de veículos antigos no cenário deslumbrante do castelo de Ludwigsburg, cria uma ponte para uma outra cultura não menos fascinante.

Voltando ao presente, uma visita à fábrica da Mercedes-Benz em Sindelfingen permite ter uma visão completa por trás dos bastidores de uma fábrica de automóveis altamente moderna – e certamente desperta desejos não revelados. Mas logo fica claro que Stuttgart não tem só tentações automobilísticas para oferecer. A própria localização maravilhosa da cidade, situada em uma das maiores zonas vinícolas da Alemanha, já indica uma outra paixão dos habitantes de Stuttgart: comer e beber do bom e do melhor. A gastronomia de Stuttgart tem de tudo para atender a todos os gostos culinários. Começando com a tradicional massa regional "Spätzle" e o vinho Spätburgunder, você vai encontrar desde a típica cervejaria da esquina até restaurantes premiados de reputação internacional, pequenas e grandes festas, sendo a mais famosa a Cannstatter Wasen. O ponto de encontro ideal para um passeio cheio de prazeres é a praça Schlossplatz: provavelmente nenhuma outra cidade tem sua paisagem no centro tão marcada por um conjunto de castelos como no caso do Neues Schloss, em Stuttgart. E quem aproveitou para admirar antes a extraordinária coleção de obras de arte contemporânea e do modernismo clássico, no Kunstmuseum Stuttgart, logo ao lado, ou sentiu de perto a história, desde a Idade da Pedra até a era moderna, na exposição do Altes Schloss, merece passar uma noite relaxante, mas com o mesma qualidade. Em termos de artes cênicas, Stuttgart também tem ofertas do mais alto nível: o teatro Staatstheater Stuttgart é o maior teatro do mundo que reúne três gêneros; seu balé, o teatro dramático e a ópera têm reputação mundial há décadas. Os prazeres musicais ficam por conta também das grandes orquestras da cidade, dos clubes de jazz ou dos musicais nos teatros do SI-Erlebnis-Centrum Stuttgart. Já ruas comerciais de categoria internacional, como a Königstraße e a Calwer Straße. Mas é bom reservar tempo também para um outro tipo de diversão: a zona de lazer preferida em Stuttgart é o Wilhelma, um dos zoológicos e jardins botânicos mais bonitos e com uma das maiores diversidades de espécies do mundo, com cerca de 8.000 animais – e sem nenhum automóvel à vista, embora seja em Stuttgart.

Principais atrações das cidades

A maravilha do Balé de Stuttgart tem uma longa tradição que remonta ao ano de 1609. Grandes coreógrafos fizeram de Stuttgart um dos centros de dança mais bem reputados da Europa nos séculos XVIII, XIX e XX. Em 1961, John Cranko tornou-se diretor e coreógrafo da companhia, Nos doze anos seguintes, ele não só escreveu um dos capítulos de maior sucesso na história do Balé de Stuttgart, mas conquistou também um lugar de honra entre os coreógrafos mais importantes do mundo. O Balé de Stuttgart está entre as melhores companhias do mundo já há mais de 40 anos.

Para quem quiser acompanhar o caminho dos vinicultores, Stuttgart é o lugar certo, a "cidade grande entre a floresta e os vinhedos". As uvas crescem aqui a poucos metros da estação central, nas encostas e colinas ensolaradas do vale do rio Neckar. A capital do estado conta com uma longa tradição vinícola, preservada por excursões às zonas de vinicultura, diversas festas regionais do vinho e de pequenas vinícolas, e a popular festa do vinho Stuttgarter Weinfest. Deve ser lembrado, também, que a trilha do vinho é uma ótima maneira de conhecer a paisagem vinícola das colinas caminhando – e aproveitando para provar um ou outro copo.

As marcas exclusivas Daimler-Benz e Porsche fizeram carreira internacional a partir de Stuttgart – e mostram sua gratidão com dois museus espetaculares.

No Museu Mercedes-Benz, o visitante vai encontrar momentos ilustres da história da mobilidade apresentados em uma arquitetura notável. Mais de 1.500 objetos expostos em nove andares documentam a história sem igual dessa marca. O mito Porsche encontra-se no bairro de Zuffenhausen, no Museu Porsche. Todo pintado de branco, o museu causou polêmica já durante sua construção devido à sua arquitetura arrojada, com o corpo do prédio das exposições apoiado sobre apenas três suportes, de modo que ele parece flutuar. Leia mais

Exibir mais
Eventos

The collections at the State Gallery in Baden-Württemberg's regional capital Stuttgart have been shaped by their roots in Württemberg's history but also by the international approach the gallery has adopted since the Second World War. Opened as the Museum of Fine Arts in 1843, the gallery became the New State Gallery in 1984, occupying a striking new building designed by British architect and Pritzker prize winner James Stirling.

The New State Gallery houses a collection of international standing that spans eight centuries. Art from 1800 to 1900 and works from the 20th century provide the main areas of focus. The 19th century is featured in paintings by Caspar David Friedrich, Anselm Feuerbach, Édouard Manet, Pierre-Auguste Renoir, Camille Pissarro, Claude Monet and Paul Cézanne. From the 20th century there are outstanding individual works and important ensembles by Paul Klee, Max Beckmann, Pablo Picasso, Oskar Kokoschka, Willi Baumeister, Oskar Schlemmer, Hans Arp, Georg Baselitz and Anselm Kiefer. Post-1945 art is also represented by works of International Abstraction, Pop Art, Concept Art, Minimalism, Land Art and new movements that have emerged since 1980.
The collection is complemented by works from earlier periods, from Old German Paintings from 1300 to 1550, Italian paintings from 1300 to 1800, Dutch paintings from 1500 to 1700 – including works by Rubens and Rembrandt – through to German paintings of the baroque era.
The Department of Prints and Drawings includes examples from every country in Europe and every artistic era since the Middle Ages.

Próximas datas:

07.06.2019 - 20.10.2019

11.10.2019 - 02.02.2020

Local do evento

Staatsgalerie Stuttgart
Konrad-Adenauer-Straße 38
70173 Stuttgart

Todas as informações sobre preços, datas e horários de abertura estão sujeitas a alteração.

Every September, Stuttgart hosts the Cannstatter Wasen, Baden-Württemberg's largest festival and one that is ranked as the second-biggest beer festival worldwide after Munich's Oktoberfest. Swabians have a reputation for frugality, but the Cannstatter Wasen shows them in a very different light – as happy, friendly, fun-loving folk with a sense of tradition.

Every year from late September until well into October, hundreds of showmen, breweries and traders set up their tents and stalls at the Wasen, the huge festival grounds in Stuttgart's Neckarpark. Swabian gemütlichkeit and a positively electric party mood in the many beer tents set the Wasen apart from the many other fairs in this region. Millions of visitors join in the excitement, enjoying thrills and spills on the traditional and the modern rides, and savouring a variety of Swabian, German and international food. This is one of Germany's sunniest regions, so wine belongs at this fair just as much as fresh, frothy Württemberg beer, both of which are best enjoyed with friends. Get to the tents early because they soon fill up and close when they reach capacity. Fortunately there are plenty of them, all offering free admission, because everyone wants to have fun at the Wasen, the big, friendly, traditional fair for the whole family.

Próximas datas:

27.09.2019 - 13.10.2019

Local do evento

NeckarPark Stuttgart
Mercedesstraße 50
70372 Stuttgart
Fon: +49 (0) 711 9554 3300

Todas as informações sobre preços, datas e horários de abertura estão sujeitas a alteração.

Apresentações e eventos

Buscar eventos
(em alemão e inglês)
Outros critérios de busca
Redefinir tudo