• 0

Saarbrücken: a arte da descontração.

Saarbrücken é uma cidade simpática: vida cultural ativa, arquitetura barroca, charme francês e estilo de vida à moda Sarre. Capital do estado alemão de mesmo nome, ela é também um centro universitário, econômico e sede de feiras e convenções. Essa metrópole do Sarre é o centro de uma grande região urbana formada por três países, mas consegue manter uma atmosfera descontraída, tranquila e alegre, onde todos se sentem bem.

As vicissitudes da história de mais de 1.000 anos deixaram vestígios em Saarbrücken; as construções barrocas do mestre Friedrich Joachim Stengel, como o castelo e a praça do castelo, ou Schlossplatz, são testemunhos do apogeu durante o século XVIII. A vista que se tem do castelo é a mais bonita da cidade, cujo perfil é marcado até hoje pelo arquiteto Stengel. A igreja Ludwigskirche é considerada a coroação da sua obra e uma das igrejas barrocas protestantes mais bonitas e de estilo mais puro na Alemanha. Outras atrações de destaque são a prefeitura neogótica, a sede da Direção de Mineração, projetada por Walter Gropius e Heino Schmieden, ou a igreja St. Johann construída por Stengel, uma basílica menor.

A praça St. Johanner Markt, com as suas butiques, bistrôs, restaurantes e ruelas pitorescas, é o coração da vida urbana de Saarbrücken e um convite para passear, descansar e relaxar. O chafariz da praça, também obra de Stengel, é o ponto de encontro da movimentada zona de pedestres. A cerca de 15 minutos a pé daqui, o visitante chega ao bairro mais antigo de Saarbrücken, St. Arnual, onde se encontra a igreja gótica Stiftskirche do século XIII em meio a residências do final da Idade Média. Aliás, todos os quarteirões da cidade, seja a Mainzer Straße ou o Nauwieser, são aconchegantes e pacatos. Por todo lado há cervejarias ao ar livre e requintes culinários, com um toque francês e o jeito inconfundível da região. Como diz um ditado no dialeto de Saarbrücken, "Hauptsach‘, gudd gess": o importante é comer bem! E isso já diz tudo.

A história industrial pode ser revisitada com muita autenticidade na Völklinger Hütte, uma antiga siderúrgica nas vizinhanças, hoje patrimônio mundial da UNESCO e uma das principais atrações da Rota da Cultura Industrial Europeia. E os amantes da arte também encontram o que procuram em Saarbrücken, por exemplo, no Saarlandmuseum. A galeria de arte moderna do museu tem um dos mais interessantes acervos de arte da Alemanha. Há obras de Rodin, Matisse, Liebermann, Picasso, Ernst, Kirchner e Feininger, só para citar alguns – além quadro mundialmente famoso de Franz Marc, "Blaues Pferdchen". O teatro e o balé também estão presentes, nas salas do Staatstheater, o teatro estadual, e em casas menores. O cenário musical e de variedades é muito ativo e conta com o palco do "Kleines Theater", na prefeitura, e com o festival "Sommerszene", que apresenta no verão grupos internacionais de teatro de rua. Sempre no mês de junho, o festival franco-alemão "Perspectives" mostra novas formas do teatro contemporâneo, mas também de dança, circo e "chanson française", sempre com altíssima qualidade. Aos domingos, de junho a agosto, a sugestão é ir ao castelo para os espetáculos ao ar livre, com uma programação internacional de folk, rock, chanson, blues e jazz, além do "Kultur für Kids" para as crianças, com teatro, música, palhaços e pantomima. É bom saber que Saarbrücken não é só um centro de arquitetura, cultura e festivais, mas também uma cidade verde com boas alternativas para relaxar ao ar livre. Por exemplo, no magnífico parque do castelo, o Schlossgarten, no Jardim Franco-Alemão, ou às margens do Sarre, por toda a cidade as pessoas passeiam tranquilamente, tomam a sua cervejinha ao ar livre ou apreciam o sol. Portanto, para visitar uma cidade realmente descontraída, Saarbrücken é a escolha perfeita.

Principais atrações das cidades

O castelo de Saarbrücken é uma suntuosa edificação barroca em pleno centro da capital do Sarre e foi construído na margem esquerda do Sarre sobre os restos do castelo medieval de Sarabruca, cujo primeiro registro data de 999. Desde então, ele ganhou também um fantasma que esteve sempre presente, participando da história milenar do castelo. Quando não está assombrando os aposentos, ele convida a visitas guiadas. É assim que o visitante fica sabendo por que o castelo foi queimado durante a Revolução Francesa, por que há pombas voando no teto do salão de festas, e quem são Charlotte e Ottilie.

Com o Ferrodrom, você vai descer primeiro às profundezas de corredores escuros no Möllerhalle, a área onde era feita a mistura de minério, e depois subir às alturas para desfrutar da vista sobre a plataforma dos altos-fornos.

Uma visita a esse patrimônio mundial da UNESCO é uma aventura à parte. A visita guiada com multimídia na unidade de sinterização é um convite a uma viagem no tempo emocionante, desde os primórdios da Völklinger Hütte até hoje. Eventos e exposições constantes nessa área aumentam a oferta. Aqui no Centro Europeu de Arte e Cultura Industrial você poderá passar o dia inteiro, sem problemas. Leia mais

A usina Römerbrücke é uma usina a gás e vapor construída em 1964 pela cidade de Saarbrücken para abastecer uma zona residencial próxima com calor para o aquecimento. As chaminés da planta podem ser vistas de longe, com seus 160 metros de altura. A arquitetura da usina já recebeu diversos prêmios, incluindo o prêmio do Meio Ambiente da ONU, concedido à cidade e à usina em 1992 por sua política energética exemplar e inovadora. A parte externa da usina é aberta à visitação, mas o que as fachadas escondem no seu interior pode ser visitado com guias apenas na primeira quarta-feira de cada mês.

O dinâmico bairro de Nauwieser Viertel, no sul da cidade – também chamado de Chinesenviertel (bairro dos chineses) pelos antigos moradores da cidade – está diretamente no limite com a praça St. Johanner Markt e é o verdadeiro centro de St. Johann. Nesse bairro, o visitante encontra uma mistura de estilos de vida alternativos com um jeito um pouco excêntrico e diferente. Um bairro da hora, com grande oferta cultural, cafés, bares, festas e um tipo diferente de lojas, com produtos fora do comum. Além disso, tem a "Nauwieser Viertel-Fest", a festa de rua preferida de todo o Sarre, realizada todos os anos no final de julho.

Exibir mais