• 0
Regiões vinícolas de A a Z
The Baden wine region, Achkarren in the Kaiserstuhl mountains

A região vinícola de Baden: vinhos da maior qualidade.

Baden é uma região vinícola incomparável. Protegida pelas montanhas de Odewald e da Floresta Negra, de um lado, e dos Vosges, do outro, existe aqui o clima mais ensolarado e quente da Alemanha, com temperaturas já quase mediterrâneas. Ess clima ameno e o bom solo fazem de Baden uma das melhores regiões vinícolas da Europa. Excelente vinho, comida deliciosa e uma hospitalidade exemplar caracterizam o estilo de vida dos habitantes de Baden: a região é uma meca de gourmets.

Particularidades regionais

Área cultivada de vinhedos e casta

Solos

Clima

Vinicultores e cooperativas

Mentalidade

Destaques da região vinícola

O nome da Rota do Aspargo em Baden já diz tudo, e os admiradores já sabem disso há muito tempo: foi aqui que se estabeleceu uma verdadeira elite dos aspargos. A rota e a ciclovia que corre paralelamente a ela são puro prazer, do início ao fim. Ela começa na cidade do aspargo, Schwetzingen, e passa por Reilingen, Karlsruhe e Rastatt, perfazendo quase 136 quilômetros até Scherzheim.

Os verdadeiros gourmets mal podem esperar a primavera, quando começa a estação dos aspargos e dos morangos bem doces. Luís XIV, o Rei Sol, já era um grande amante de aspargos e foi seguido mais tarde, por volta de 1750, pelo príncipe-eleitor Karl Theodor. Ele gostava tanto desse legume que mandou cultivá-lo nos atuais jardins do castelo de sua residência de verão, Schwetzingen. Daqui o aspargo começou a conquistar pouco a pouco a cozinha das cortes e principados vizinhos no século XVIII.

É bom saber

O aspargo já era uma planta conhecida na Idade Média por suas propriedades terapêuticas contra todo tipo de doenças. Recentemente, o aspargo ganhou fama também como um legume muito saudável e desintoxicante para o corpo que sofre com o estresse. Hoje, uma cura com aspargos é uma das terapias mais agradáveis que se pode escolher para cuidar da saúde.

Renda-se a esse prazer culinário

A época do corte dos aspargos brancos começa mais ou menos a partir de meados de abril e segue até 24 de junho. Durante esse período, o visitante pode observar a colheita nas plantações de aspargos, ou até participar dela. Por todo lado da Rota do Aspargo há festas populares onde os aspargos são servidos, enquanto os restaurantes e adegas servem essa especialidade fresquinha, com receitas saborosas. Não faltam nomes criativos para tentar definir a sensação saborosa do aspargo na boca dos gourmets: “verdura dos reis”, “caules de ar primaveril”, ou “marfim comestível” são apenas algumas das tentativas de descrevê-la.

Aspargos e vinho

Seja branco, verde ou em tons de violeta – é impossível imaginar a primavera sem o aspargo e sem um bom vinho para acompanhá-lo. É aí que o vinho de Baden entra em cena, como acompanhamento harmônico para criar uma perfeita simbiose com o aspargo. Quem teria imaginado que o aspargo e o vinho formariam um par tão bonito? Mas seja na época dos aspargos, ou durante a colheita das videiras, essa rota faz a viagem valer a pena em qualquer estação do ano.

Na antiga sala do restaurante com forno revestido de azulejos, ou a sala conhecida como "Tomi Ungerer-Stube", com paredes e teto revestidos de madeira, a cozinha serve receitas regionais e criativas, de acordo com a estação do ano, e dando preferência a ingredientes da Floresta Negra: caça de alta qualidade e vinhos fantásticos de Kaiserstuhl, Ortenau e Markgräflerland. A produção própria de queijo merece também uma atenção especial.

Uma casa da Floresta Negra reformada cuidadosamente, hospitalidade calorosa, um spa amplo e confortável e um restaurante que desde 1966 vem recebendo 1 estrela Michelin, com excelente carta de vinhos - tudo isso faz a diferença neste hotel que pertence à rede Relais & Châteaux. Aqui você pode esquecer do cotidiano e passar dias descansando, com spa, prazeres culinários, romantismo e esporte.

Nos limites do centro histórico de Freiburg fica esse hotel de luxo cinco estrelas, o ponto de partida ideal para um passeio pela cidade ou até a Floresta Negra, até Kaiserstuhl ou Markgräflerland. O restaurante gourmet, premiado várias vezes, oferece mais de 500 vinhos diferentes e, sob consulta, um "Diner Oenologique", um jantar enológico no qual são servidós até três vinhos diferentes para cada prato.
Exibir mais