• 0

Lübeck: a bela intelectual do norte.

Lübeck, a rainha de todas as cidades hanseáticas, foi fundada em 1143 como a "primeira cidade ocidental na costa do Mar Báltico". A maravilhosa paisagem da cidade é marcada ainda hoje por um ambiente medieval e por atrações histórico-culturais, como o Holstentor, que lembram seu passado glorioso como cidade livre e hanseática.

Durante centenas de anos, o nome Lübeck foi sinônimo de liberdade, justiça e prosperidade. A Lei de Lübeck, uma coleção de princípios básicos de direito em terra e mar, bastante progressista para a época, serviu de inspiração para a fundação de mais de 100 cidades em torno do Mar Báltico. Isso permitiu que a liga de cidades mercantis Hansa alcançasse um crescimento fabuloso, tornando-se a maior potência comercial desse período. O centro incontestável desse poder era Lübeck, uma das mais reluzentes metrópoles do antigo comércio internacional. A cidade antiga, cercada de água e com as sete torres das suas cinco igrejas principais, conta uma história intensa de mais de 1.000 anos e está protegida desde 1987, quando foi declarada Patrimônio Mundial da UNESCO. Com merecimento: os monumentos arquitetônicos nos estilos gótico, renascentista, barroco e classicista, suas ruelas e becos, igrejas e mosteiros, residências burguesas e fortalezas, tudo isso forma um conjunto de incomparável harmonia. Uma joia da construção gótica em tijolos é a igreja Marienkirche, a mais opulenta de Lübeck, modelo para cerca de outras 70 igrejas em toda a região da Mar Báltico, e com a mais alta abóbada de tijolos do mundo, de grande importância arquitetônica. Ela impera orgulhosa sobre o ponto mais alto da zona histórica da cidade, bem em frente do seu contraponto moderno, o Centro de Convenções e Música, chamado simplesmente de MuK. Ele é o maior espaço de eventos em Lübeck, palco principal do festival de música Schleswig-Holstein Musik Festival, centro de congressos internacionais, da Orquestra Filarmônica e também centro comunitário. Além da arquitetura moderna, o grupo de figuras "Die Fremden" (os estrangeiros), de Thomas Schütte, sobre o telhado do centro, é uma característica marcante do MuK, uma antiga obra da documenta que simboliza todas as pessoas que tiveram de deixar sua terra natal e construir uma nova vida em um lugar estranho.

Entre as obras arquitetônicas mais importantes do centro histórico estão também o conjunto em torno da prefeitura, o castelo Burgkloster, o Koberg – um quarteirão de fins do século XIII totalmente conservado – com a igreja Jakobikirche, o hospital Heiliger-Geist e as casas entre as ruas Glockengießerstraße e Aegidienstraße, o bairro com as casas aristocráticas entre a igreja Petrikirche e a catedral, a porta e símbolo da cidade, Holstentor, é claro, e o antigo armazém de sal Salzspeicher, na margem esquerda do Trave. Um passeio pelo centro medieval de Lübeck é uma experiência inesquecível, até porque a cidade tem também um lado bem moderno para mostrar. Quando termina o dia, a vida desperta nos diversos bares, restaurantes, clubes e discotecas animando alguns hanseáticos a deixarem de lado o seu típico jeito reservado de ser. Quem sabe até Günter Grass, Thomas Mann e Willy Brandt andaram por aqui, três grandes nomes da cidade, eternizados pelo prêmio Nobel. No Fórum de Literatura e Artes Plásticas, mais conhecido como Casa Günter Grass, há uma exposição permanente dos seus quadros que demonstra a profunda ligação entre literatura e arte na sua obra. A área ocupada pela casa possui ainda um jardim com esculturas de Grass, além de arquivo, biblioteca e uma loja de souvenirs. Saindo, digamos, pela porta de trás, o visitante chega à casa Willy-Brand, inaugurada em 2007, um museu e monumento ao detentor do Prêmio Nobel da Paz e ex-chanceler alemão. Por outro lado, uma visita ao centro de Heinrich e Thomas Mann, inaugurado em 1993 também no centro histórico da cidade, transporta o visitante para o mundo dos "Buddenbrooks", em um passado distante, e para um passeio pela vida e obra destes dois grandes irmãos e escritores. Todas as três casas, assim como toda a cidade, receberão você de braços abertos, mesmo que você nunca tenha recebido um prêmio Nobel. Muito mais importante é provar – e elogiar – a especialidade da cidade: o marzipan de Lübeck, uma massa de amêndoas que é provavelmente a mais doce tentação criada desde que existem amêndoas.

Principais atrações das cidades

Uma visita ao museu literário Buddenbrookhaus, inaugurado em 1993 no coração do centro histórico de Lübeck, leva o convidado a entrar no mundo dos "Buddenbrooks" e da família Mann.

A exposição permanente retrata a vida e a obra dos escritores Thomas Mann e Heinrich Mann. As cartas, primeiras edições das obras e comentários convidam à leitura. Ali estão expostas fotos e documentos da época, como por exemplo o documento de concessão do Prêmio Nobel de Literatura a Thomas Mann em 1929. Exposições especiais apresentam constantemente a produção literária da família Mann e de outros escritores do século XX.

Holstentor – o símbolo da cidade hanseática é provavelmente a mais famosa e importante porta de cidade medieval conservada na Alemanha. Essa é uma parte de Lübeck que certamente muitos já levaram consigo no bolso – no verso das notas de 50 marcos. Construído entre 1464 e 1478 pelo mestre construtor da câmara de Lübeck, H. Helmstede, no lado do Trave, a porta em estilo gótico tardio ficava antigamente em frente à cidade, como a extremidade de uma ponte, e pertencia a uma fortaleza. No museu Holstentor, Lübeck poder ser descoberta como centro comercial e naval: por trás de suas paredes grossas de 3,50 metros de espessura, o museu é um convite a descobertas e contato direto.

Ninguém sabe exatamente como os habitantes de Lübeck descobriram o marzipan. Pode ter sido em 1407, quando Lübeck sofria com a fome. O senado ordenou então que todos os padeiros de Lübeck produzissem um pão com amêndoas e açúcar. Da miséria, surgiu uma especialidade e uma paixão: marzipan. Outras fontes situam sua origem em 1530, mas é certo que o selo de qualidade "Lübecker Marzipan" (ou Marzipan de Lübeck) só surgiu em 1800. Nessa época, cerca de 130 fabricantes, principalmente confeitarias, dedicaram-se a fundamentar a boa reputação de que gozava o marzipan de Lübeck. Hoje, todos sabem que eles fizeram isso muito bem.

Inaugurada para comemorar os 94 anos do nascimento do famoso filho da cidade, em uma residência aristocrática no centro histórico, a Willy Brandt-Haus (Casa de Willy Brandt) é um lugar de aprendizado da história contemporânea, um museu e monumento ao chanceler e detentor do Prêmio Nobel da Paz, Willy Brandt.

Com cenários emocionantes e elementos multimediais, a exposição "Willy Brandt - Uma vida política no século XX" reproduz sua biografia, desde a República de Weimar até a Reunificação, e torna transparentes e experimentáveis sua idéias, cuja influência perdura até hoje. Além de sua vida, o foco gira sobre os temas democracia, direitos humanos e paz.

Exibir mais
Eventos
Top-class international soloists and orchestras will be performing on Lübeck's stages again.
The Schleswig-Holstein Music Festival is back performing on Lübeck's stages again in 2019. Fascinating performances and a varied programme enrich the Hanseatic city's culture programme from 6th July until 1st September. This year's Schleswig-Holstein Musik Festival will be dedicated to the composer Johann Sebastian Bach.

Próximas datas:

06.07.2019 - 01.09.2019

Local do evento

Musikhochschule Lübeck and several other places in Lübeck and Schleswig Holstein
Große Petersgrube 21
23552 Lübeck

Todas as informações sobre preços, datas e horários de abertura estão sujeitas a alteração.
Those who are interested in culture will have the opportunity to turn night into day. Many of Lübeck's museums and art galleries open their doors to all visitors until midnight.
Every year, Lübeck’s museums are open for night-owls on the last Saturday of August. Many cultural institutions such as the Brahms Institute, the Overbeck Society and St. Peter’s Church open their doors until midnight. The beautiful garden behind the Behnhouse-Drägerhouse – a large area with sculptures behind a number of classicist buildings at Königstraße – is a popular meeting point for locals and guests alike to enjoy a glass of wine and listen to summer chillout music.

Próximas datas:

31.08.2019

Local do evento

Museum Behnhaus Drägerhaus
Königstraße 9-11
23552 Lübeck
Fon: +49 (0) 4 51 1 22 41 48
behnhaus@luebeck.de

Todas as informações sobre preços, datas e horários de abertura estão sujeitas a alteração.
This four-day-long event with live jazz music takes place in different locations in Lübeck's Old Town joining jazz, funk and soul.
Travejazz is an event in the Old Town of Lübeck with a modern concept and unique locations. Internationally and nationally established artist from the genres jazz, funk and soul will perform on many stages. Public events and workshops round off the varied programme.

Próximas datas:

05.09.2019 - 08.09.2019

Local do evento

Historischer Hafenschuppen Lübeck
An der Untertrave 47a / 1a
23552 Lübeck

Todas as informações sobre preços, datas e horários de abertura estão sujeitas a alteração.

Apresentações e eventos

Buscar eventos
(em alemão e inglês)
Outros critérios de busca
Redefinir tudo